terça-feira, 15 de março de 2011

TOKUSATSU BRASIL


A SEGUIR...INFORMAÇÕES EXCLUSIVAS SOBRE "TODAS AS SÉRIES TOKUSATSU EXIBIDAS NA TV BRASILEIRA" QUE NENHUM OUTRO BLOG/SITE TEM!!!







GOSTARIA MUITO DE AGRADECER AS VISITAS RECEBIDAS NESTE HUMILDE BLOG AMIGOS. ATE O ULTIMO DIA DE... , HAVIA SIDO CONTABILIZADO...  VISITAS, NESTES ... ANOS E NOVE MESES DE EXISTENCIA. O QUE ME DEIXA MUITO FELIZ!!!
ESTE ERA PARA SER APENAS UM ARQUIVO PESSOAL(GRAVADO EM CD), PARA PESQUISAS, ASSIM COMO PARA MOSTRAR AO MEU SOBRINHO QUE NA EPOCA VIVIA ME FAZENDO PERGUNTAS SOBRE TOKUSATSUS. AHH, E POR AJUDA DELE MESMO QUE DECIDI POSTA-LO AQUI PARA COMPARTILHAR TAIS INFORMACOES COM AQUELES QUE ASSIM COMO EU, TIVERAM O PRAZER DE ASSISTIR ESTAS SERIES NA TV E AINDA VIVEM AQUELA NOSTALGIA GOSTOSA. AHH... E CURTEM RELEMBRAR DE VEZ EM QUANDO! E CLARO, TAMBEM COM AQUELES QUE VIERAM E VIRAO A CONHECE-LAS DEPOIS...POR AMIGOS, PARENTES, E INTERNET....E QUISEREM TIRAR DUVIDAS RELACIONADAS AS MESMAS.
OBRIGADO DE CORACAO!

               AKEMASHITE OMEDETOU GOZAIMASU!!!!!
  
                             FELIZ ANO NOVO( )!!!!!




*Pessoal, a quem interessar, tenho um humilde canal no YOUTUBE- GaijinBR , onde falo e mostro "um pouco" sobre o Japao.Sera um prazer ter sua visita la!Arigato!





                       

.TOKUSATSUS(SÉRIES JAPONESAS) - “Tokusatsu” é uma abreviatura da expressão Japonesa "tokushu satsuei", traduzida como "filme de efeitos especiais", e passou a ser utilizada para se classificar as séries de “Heróis Japoneses”.

.ESTILOS DAS SÉRIES:

.ULTRAMAN : Produzido pela TSUBURAYA PRODUCTIONS. Conta a história de uma família de guerreiros que vieram da Nebulosa M-78(com algumas exceções), e procuram um hospedeiro humano(em alguns casos, eles já vem para a Terra sob a forma humana), para poder combater tanto os monstros alienígenas que querem invadir o planeta, quanto os oriundos do próprio planeta. Os guerreiros Ultra e seus inimigos possuem tamanho gigante, alguns também podendo ficar no tamanho humano. Em sua maioria eles tem a cor prata e vermelho, tendo os mais modernos, outras cores também. O pioneiro do estilo, a série ULTRAMAN estreou em 1966.


.KAMEN RIDER : "Motoqueiro Mascarado" em Português, é uma série de mangá que deu origem a um dos vários gêneros do Tokusatsu. Foi criada em 1971 pelo já falecido mangaka Shotaro Ishinomori. A primeira série do gênero,auto intitulada, teve ao todo 98 episódios e durou quase dois anos, de 3 de abril de 1971 a 10 de fevereiro de 1973. Teve algumas pausas em suas produções, mas são produzidas até os dias de hoje pela produtora Japonesa TOEI COMPANY. O estilo apresenta um Herói Motoqueiro “Inseto”(pelo menos nas séries mais antigas) que combate os  vilões com auxílio de diversos poderes, geralmente oriundos do seu “Cinto Rider”, ao dizer o famoso “HENSHIN!” para se transformar em Kamen Rider(em alguns "raros" casos, não possuem o cinto de transformação, ou sequer precisam dizer "henshin" para se transformarem).

.SUPER SENTAI : O termo Japonês “Sentai”, de origem militar, significa “Esquadrão”. É uma franquia Japonesa de séries de televisão voltadas para o público infanto-juvenil, produzida pela produtora Japonesa TOEI COMPANY, no ar desde 1975 com a série Himitsu Sentai Goranger, normalmente com uma série por ano. A premissa básica do estilo é a de um grupo de geralmente 5 heróis(variando em algumas séries), que ganham poderes especiais, usam roupas cada um de uma determinada cor, tendo o “vermelho” como líder, e possuem um arsenal, incluindo “Mechas”(Robôs gigantes) para combater ameaças alienígenas ou vindas da própria Terra.

.METAL HERO : Foi uma franquia de séries de televisão da produtora Japonesa TOEI COMPANY, produzidas a partir de 1982, com a série GABAN, durando até 24 de Janeiro de 1999 com o fim da série TETSUWAN TANTEI  ROBOTACK(sendo esta,e sua antecessora: B-ROBO KABUTACK-'97 mais infantís, e não consideradas por muitos. Vai de cada um!); por isso muitos "preferem" considerar como sendo a última do estilo a série B-FIGHTER KABUTO, de 1996 à 1997. Os heróis são geralmente caracterizados pelo uso de armaduras protetoras de alta resistência que recobrem todo o corpo do guerreiro, e de armas pessoais "distintas" para combaterem os vilões. Durante as batalhas, em sua maioria, possuem diversos aparatos bélicos, desde naves-cargueiros de batalha, até veículos de combate como motos, tanques e outros.

.OTHER HERO : Classe de Heróis que não pertencem aos gêneros das principais produtoras Japonesas(Kamen Rider, Ultraman, Metal Heroes ou Super Sentai); sendo uma nomenclatura criada para englobar os estilos "menores", e assim proporcionar um entendimento mais fácil e centralizado, simplesmente classificando-os como“Other Heroes”. Ao que consta, este termo é utilizado fora do Japão. Os estilos englobados se encontram abaixo:


.KYODAI HERO : É qualquer série em que apareçam heróis gigantes não pertencentes à família Ultra(série estilo ULTRAMAN da TSUBURAYA PRODUCTIONS). A primeira série de um herói gigante foi “Vingadores do Espaço” (Magma Taishi, no original, que estreou em 04/07/1966). O gênero teve um “boom” avassalador na década de 70, o que gerou a criação de muitos heróis, mas acabou entrando em declínio nos primeiros anos da década de 80, o que acabou por sepultar sua produção.

.HENSHIN HERO / HEROINE : Um dos únicos gêneros independentes de produtora."Henshin", "Henshin" significa "Transformação" em Japonês, sendo que praticamente todos os heróis de Tokusatsu sofrem algum tipo de transformação. A classificação é usada para qualquer série que não se encaixa nos gêneros de heróis que ficam “gigantes”,ou que não faz parte de nenhuma franquia(de grandes produtoras), como ULTRAMAN, KAMEN RIDER,SUPER SENTAI e METAL HERO. “HEROINE” é o feminino de “Hero”, e é usado para classificar séries em que os personagens protagonistas sejam Mulheres.


*Fontes de pesquisas: internet(sites/blogs de informações variados de Tokusatsus do Brasil & Japão, e alguns de lingua Inglesa). Fonte de pesquisas sobre as séries no Japão: CANAIS DE EXIBIÇÃO, DIAS, HORÁRIOS, EPISÓDIOS, FILMES - (checados no Google/sites do Japão). Sobre EXIBIÇÕES NO BRASIL & INFORMAÇÕES EXTRAS DAS SÉRIES NO PAÍS -(checados no Google/sites do Brasil e alguns de lingua Inglesa).
*Agradecimento super especial à minha amiga Japonesa(hoje esposa!) NORIE, que conseguiu as informações originais do Japão postadas aqui.

OBS: Informações sobre “Quadrinhos, Fitas VHS, Álbums, Brinquedos, e outros do Gênero”, podem em alguns casos não estarem completos, pois nem sempre se consegue encontrar tudo por meio de “buscas” de informações postadas na Internet. Levei em consideração as informações contidas em mais de um site, e as que me pareceram ser de maior confiança. Podendo assim, haver divergências de informações em alguns sites, ou mesmo,haver informações não postadas aqui.

 *Postagens sobre lançamentos e Relançamentos em DVD e BLU-RAY(atualizadas quando possível). 


(*)refere-se a informações de cunho pessoal, baseadas em minha(s) lembranças de infância, podendo assim, estar enganado.



.SÉRIES TOKUSATSUS LANÇADAS NO BRASIL, ApresentadAs abaixo em ordem cronológica(de lançamento no Japão):

.NATIONAL KID(NASHONARU KIDDO) em Japonês - (1º herói Japonês no Brasil): Exibido pela NIHON EDUCATIONAL CHANNEL, entre04/08/1960 e 27/04/1961.
Produzido pela TOEI COMPANY em preto e branco; distribuídos em 5 histórias; exibidas às quintas-feiras, das 18:15hs às 18:45hs; (não consta nenhum filme lançado). Série estilo “HENSHIN HERO” OU APENAS “OTHER HERO”.

               


    (As 5 Histórias, incluindo-se as continuações):

    1)National Kid contra os Incas Venusianos
       O retorno dos Incas Venusianos
    2)National Kid contra os Seres Abissais
       A revolta dos Seres Abissais
    3)National Kid contra o Império Subterrâneo
       A vingança do Império Suterrâneo
    4)O mistério do Garoto Espacial
    5)National Kid contra  os Zarrocos do Espaço

No Brasil foi televisionada à partir de 1964 pela TV RIO(já extinta) canal 13(do Rio de Janeiro). Em 1992 a TV RIO foi vendida à Rede Record de Televisão, passando a chamar-se (TV Record Rio de Janeiro) / REDE GLOBO em '68 /  depois pela TV RECORD canal 07(de São Paulo) até início da década de '70 / e REDE MANCHETE(já extinta), em '96.

.O seriado foi criado por encomenda, com a finalidade de servir de “merchandising” para a fábrica  de eletrodomésticos  NATIONAL ELECTRONICS INC. (atual PANASONIC).

.Ainda que tenha sido  um grande sucesso entre a juventude no Brasil, no Japão o sucesso foi apenas mediano.

.A série parou de passar na TV Brasileira por que o então Ministro da justiça da Ditadura Militar, Alfredo Buzaid, censurou todas as séries que tinham Super-Heróis voadores. 

.No Brasil, teve em 1993 alguns de seus episódios lançados em VHS.

.No segundo semestre de 2002 foi lançada em 2 DVDs.

.Em 2009 ainda teve o relançamento em DVD, pela FOCUS FILMES(BOX ORIGINAL em DUAL AUDIO(Jap./Port. & Jap. c/ legendas em Port.), com dois volumes lançados, em 06 discos: até National Kid contra os Zarrocos do Espaço + disco 07: extras em Português "audio da época". DVDS com nova dublagem de 1995, pela SATO COMPANY, pois as originais se perderam em um incêndio, só restando algums fragmentos inclusos nos dvds.

.A série também pode ser adquirida(DVD-R) em sites especializados em DVDs de TOKUSATSU(embora ilegalmente, pois a FOCUS detém os direitos dos DVDS agora), geralmente apenas na versão dublada, ou com alguns episódios em Japonês/legendados em Português.


VINGADORES DO ESPAÇO(MAGMA TAISHI) no original – (Maguma Taishi) pronúncia em Japonês. “Embaixador Magma” (1ª série TOKUSATSU televisiva em cores).
Exibido pela TV FUJI entre 04/07/1966 e 25/09/1967. Produzida pela P-PRUDUCTIONS "PIONEER - PRODUCTIONS" (já extinta), em 52 episódios. Exibida às segundas-feiras, das 19:30hs às 20:00hs(do episódio 01 ao 39) e das 19:00hs às 19:30hs(do episódio 40 ao 52). Foi a 1ª série Tokusatsu exibida em cores. Estreou um pouco antes do 1º ULTRAMAN, na TV TBS; não consta nenhum filme lançado. Série estilo “KYODAI HERO” OU APENAS “OTHER HERO”.

Apresentada no Brasil entre ‘73 e ‘74, sendo reapresentada em ‘80 com nova dublagem.
Exibida 1º no Programa do CAPITÃO AZA(TV TUPI “saiu do ar em 1980”), e mais tarde, no início dos anos ‘80, na TV RECORD e depois, na TV BANDEIRANTES.

.(Não achei informação dizendo se foi lançada em VHS).

.lançada em DVD pela CULT CLASSICS(série completa) em 2 volumes, cada um com 26 episódios remasterizados em 4 discos, com áudio original em Japonês e legendas em Português.

.A série pode ser adquirida apenas na versão Original(DVD-R),sem legendas em português, em sites especializados em DVDs de TOKUSATSU, porém, não mais sendo “legal” devido ao lançamento feito pela CULT CLASSICS, mencionado acima.

.Adquirí de particular(site de raridades da TV), um DVD contendo um episódio da série com a dublagem original, gravado da tv, em preto e branco(com animes antigos exibidos no Brasil). Também já vi em um outro anúncio particular, um DVD da série com 2 episódios, legendados em PT(acho que os 2 primeiros), mas não sei se esta informação era verdadeira.

.(Consta que a versão dublada se perdeu devido a um incêndio na TV detentora da Série na época).


.ULTRAMAN(URUTORAMAN) pronúncia em Japonês:( 1º da franquia/estilo “Ultraman”). No Brasil, também chamado de “Ultraman Hayata”, nome do personagem da Patrulha Científica(S.I.A); “2º em comando” que se transformava no herói.
Exibida pela TBS(Tokyo Broadcasting System) entre 17/07/1966 e 09/04/1967. Produzida pela Tokyo Broadcasting System e TSUBURAYA PRODUCTIONS, em 39 episódios. Exibida aos domingos, das 19:00hs às 19:30hs. Foram lançados 5 filmes da série em: (1967 / 1979 / 1979 / 1989 / 1996).

   Akiji Kobayashi(Capitão Muramatsu) ( * 06/09/1930 ; + 27/08/1996) Nascido em Tóquio, as vezes creditado também como: Shōji Kobayashi ou Issei Mori, morreu de câncer de pulmão aos 65 anos, em Yokohama.

No Brasil, estreou pela TV BANDEIRANTES em 1968, e reprisada pela TV TUPI - canal 4 de São Paulo(já extinta), nos anos 70. No início dos anos 80, foi ao ar pela TVS(atual SBT), onde alternava o horário com o Ultraman de Hideki Goh(Ultraman o Retorno - de 1971, que viria a se chamar “Ultraman Jack” futuramente), gerando confusão para grande parte dos telespectadoes, dando a entender que se tratava do mesmo herói(pois os “Ultras” eram bem parecidos).
Em 1996 foi reprisada pela REDE MANCHETE(já extinta) com nova dublagem, mas foi exibida por pouco tempo; depois em 2002, passou a ser exibida na CNT.
*Atualmente exibida as quartas-feiras e quintas-feiras, pela REDE BRASIL DE TELEVISÃO, conhecida como RBTV ou apenas REDE BRASIL(Campo Mourão/PR), que entrou no ar em abril de 2007 e possui seus estúdios na capital paulista.
Não atinge grande parte do território nacional(TV aberta/uhf), mas sendo também possível conseguir seu sinal por algumas TVs por assinatura,e pela internet(ao vivo). *Segundo consta, os tokusatsus não são exibidos de forma "legal".

.Foi lançada em VHS, mas não achei informação dizendo se foi lançada completa.

.Lançada em DVD pela CULT CLASSICS em uma Edição de Colecionador(sériere masterizada) com todos os 39 episódios em 5 discos. Conta com áudio original em Japonês, e Português, e legendas em Inglês/Português. Ainda possui a abertura americana da série, e entrevista com o elenco de tradutores americanos.

 .A série pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português)em sites especializados em DVDs de TOKUSATSU, porém, não mais sendo “legal” devido ao lançamento feito pela CULT CLASSICS, mencionado acima.



.ÉSPER(Ésper da velocidade da luz) - (KOUSOKU ESPER) no original:
Exibido pela NIHON TV entre  01/08/1967 e 23/01/1968. Produzida pela SENKOUSHA PRODUCTIONS, em 26 episódios (não constam informações sobre os dias e horários de exibição). Série estilo “HENSHIN HERO” OU APENAS “OTHER HERO”.

No Brasil foi exibida até ‘78 pela TV TUPI(já extinta) e TV RECORD,e início dos anos 80 pela TV GAZETA/SP, com o nome de “VÉSPER”. *não achei sobre a data exata de início*

.A produtora da série foi a empresa que criou(GEKKOU KAMEN), o primeiro super herói da televisão Japonesa.
.O personagem ÉSPER foi usado como “garoto propaganda” da TOSHIBA por algum tempo, algo como NATIONAL KID e a NATIONAL ELECTRONICS(atual PANASONIC).
.Assim como NATIONAL KID, ÉSPER fez mais sucesso fora do Japão.

* “Na minha opinião”, esta é a série de menor repercussão nos dias de hoje(mesmo entre as mais antigas), dificilmente comentada em sites de tokusatsus. Quem não se lembra dela, acaba achando só por “obra do acaso” mesmo.

.Pelo que vi, não é possível se encontrar sites de tokusatsus que disponibilizem esta série, nem mesmo na versão original(sem legendas) em DVD-R, mas acabei encontrando "de particular", um "dvd coletânea"com séries e animes antigos: Agentes Fantasma, Ultraseven(década de '90?), Superdínamo, e entre eles....2 episódios da série Ésper, com áudio original, sem leg.Português(creio que os 2 primeiros pelo o que ví). Bom, melhor do que nada!

.Não sei se existe como conseguir a versão dublada, ou se acabou se perdendo em um incêndio, como em outras séries tradicionais exibidas no Brasil.


.ULTRASEVEN(URUTORASEBUN) pronúncia em Japonês: Exibida pela TBS entre 01/10/1967 e 08/09/1968. Produzida pela TSUBURAYA PRODUCTIONS, em 49 episódios. Exibida aos domingos das 19:00hs às 19:30hs + 01 filme(21/07/1968). 2ª série da franquia/estilo “ULTRAMAN”.

No Brasil foi exibida pela TV TUPI(já extinta) no início dos anos 70(na dublagem original, éra chamado de "ULTRA-SETE"- versão traduzida do nome em Português). Integrou, já em meados da década, o “cast” de atrações do CAPITÂO AZA, na mesma TV. Depois foi exibida pela REDE BANDEIRANTES, quando no começo dos anos 80, era exibida em horário nobre, às 20h, junto com ROBÔ GIGANTE e TUNEL DO TEMPO, na REDE RECORD.
Sua última exibição no Brasil data-se do ano 1986, quando era exibida às 08:00 da manhã na mesma REDE RECORD.

*Atualmente exibida aos domingos(em 2 horários), pela REDE BRASIL DE TELEVISÃO, conhecida como RBTV ou apenas REDE BRASIL(Campo Mourão/PR), que entrou no ar em abril de 2007 e possui seus estúdios na capital paulista. Não atinge grande parte do território nacional(TV aberta/uhf), mas sendo também possível conseguir seu sinal por algumas TVs por assinatura, e pela internet(ao vivo). *Segundo consta, os tokusatsus não são exibidos de forma "legal".

O ator Shoji Nakayama, que interpretou o capitão Kiriyama do Esquadrão Ultra, faleceu em 1º de dezembro de 1998. (* 26/2/1928 ; + 01/12/1998)



.O episódio 12 foi banido do Japão. Nele, relógios de pulso dados por criaturas extraterrestres, sugavam o sangue de jovens mulheres para servir de alimento aos aliens, que depois, decidiram roubar o sangue de crianças após provarem o sangue de um garoto que havia pego o relógio escondido da irmã mais velha para ir a escola. Segundo eles, tal sangue era mais energético.

.Sobre este mesmo episódio(12), segundo a atriz Yuriko Hishimi, a ANNE do Esquadrão Ultra.(seu nome verdadeiro é Chiyako Sakaiya 10/06/1947-Tóquio), em entrevista exclusiva no 40º aniversário da série, à HENSHIN!(web/Brasil), “Na verdade tudo começou com um mal entendido. O monstro que aparece nesse episódio se chama Alien Spell e foi chamado HIBAKU SEIJIN em Japonês. “Hibaku” é a palavra utilizada para designar as vítimas da *bomba atômica e por causa disso esse episódio foi proibido. Decidi entrar com um pedido pelo relançamento oficial do episódio. Não é uma questão de dinheiro, nem nada do tipo. Só acho melhor do que venderem fitas piratas. Estou pensando em fazer um pedido oficial que tenha um abaixo assinado com a participação de todos que fizeram parte da produção”. (por redação henshin-29/12/2007)OBS: na entrevista descrita aqui, vista no site, foi dito pela atriz “fitas piratas” mesmo, e não dvds ou algo do tipo.
*Usadas duas vezes em guerra, ambas pelos Estados Unidos contra o Japão, nas cidades de Hiroshima e Nagasaki, durante a Segunda Guerra Mundial (consistindo em um dos maiores ataques a uma população civil, com quase 200 mil mortos, já ocorridos na história).
Uma pena tal exclusão, pois nesse episódio, a atriz que interpretava a namorada do "alien" em forma humana era a atriz Hiroko Sakurai, que era a jovem oficial Akiko Fuji, em Ultraman ('66). Foi a única vez em que se pode ver atuando juntas as duas atrizes que personificaram as beldades das duas séries ULTRA, até então.

.(Não achei informação sobre lançamentos em VHS).

.A série pode ser adquirida(DVD-R) em sites especializados em DVDs de TOKUSATSU. Apenas 12 episódios “fora de ordem” disponíveis na versão dublada em português, em alguns sites(gravados de colecionadores, com alguns problemas no áudio); A versão completa é encontrada apenas legendada em Português(sem o episódio 12 que foi proibido).

.Hoje já se encontra, na Ultra Loja(site nebulosam78.com) 4 dvds(4 episódios em cada) dublados da série com áudio original da tv, gravados de colecionadores, por isso com problemas; sendo que dos 16 episódios disponíves, 2 se encontram repetidos(segundo informações no próprio site), sendo assim, havendo apenas 14 episódios dublados no total. Também se encontra no mesmo site, o episódio 12 que foi banido, gravado de VHS Japonês com qualidade mediana, legendado em Português.

.(A versão dublada se perdeu devido a um incêndio na TV detentora da Série na época).


.ROBÔ GIGANTE(Giant Robo) no original - (Jaianto Robo) pronúncia em Japonês. obs:Originalmente sem o “T” de “ROBOT” em Inglês.
Exibida pela NET do Japão(atualmente TV ASAHI), entre 11/10/1967 e 01/04/1968. Produzida pela TOEI COMPANY, em 26 episódios. Exibida às quartas-feiras, das 19:30hs às 20:00hs(episódio 01 ao 16), e às segundas-feiras, das 19:30hs às 20:00hs(episódio 17 ao 26); não consta informações sobre filme(s). Série estilo “KYODAI HERO” ou apenas “OTHER HERO”.

Exibida no Brasil pela TV TUPI(já extinta,nos anos '70); no começo dos anos '80 foi exibida pela BANDEIRANTES, e depois pela TV RECORD(ainda nos anos '80), depois sumindo de vez da TV Brasileira.


.O ator MITSUNOBU KANEKO(*25/09/57), que interpretou(DAISAKU KUSAMA), o menino que comandava o Robô Gigante com seu relógio, parou de atuar em ‘69. Morreu em 1997 em um acidente automobilístico, em Nerima-ku / Tóquio(segundo informação obtida de um site em Inglês). De acordo com as informações acima, ele teria 10 anos quando a série foi lançada.

.No Japão, entre os anos de ‘67 e ‘75, não houve um ano sequer em que a série não fosse exibida.
.Ganhou uma renomada série, versão ANIME em 1992, e em 2007, outra versão Anime(OVA / Original Vídeo Animation)comemorando 40 anos da série de TV original.


.(Não achei informação sobre lançamentos em VHS).

.lançada pela CULT CLASSICS um box com a série completa(26 episódios remasterizados), em 03 dvds da versão americana: "Johnny Sokko and His Flying Robot", com áudio em Inglês e legendas em Português

.A série pode ser adquirida(DVD-R) em sites especializados em DVDs de TOKUSATSU. Hoje em dia, apenas os primeiros 12 episódios estão disponíveis com legendas em Português; A versão completa é encontrada apenas em áudio original(Japonês) sem legendas, porém, não mais sendo “legal” devido ao lançamento feito pela CULT CLASSICS, mencionado acima.

.(A versão dublada se perdeu devido a um incêndio na TV detentora da Série na época).


.SPECTREMAN(Spectroman) no original - (Supekutoruman) pronúncia Japonesa: Exibida pela TV FUJI entre 02/01/1971 e 25/03/1972. Produzida pela P-PRODUCTIONS(já extinta). Única série exibida no Brazil onde os episódios eram divididos(em sua grande maioria), em "1ª parte" e "Epílogo(parte final)", totalizando 63 episódios(contando as 1ª(s) partes e os Epílogos juntos). Exibida aos sábados das 19:00hs às 19:30hs + 2 filmes(18/07/1971 e 18/03/1972). Série estilo “KYODAI HERO” ou apenas “OTHER HERO”.
Inicialmente, o título da série era Símio Espacial Gori (em Japonês:, Uchu Enjin Gori), nome que se manteve dos episódios 1 ao 20. Do episódio 21 ao 39, tornou-se Símio Espacial Gori VS Spectreman (em Japonês:,Uchu Enjin Gori tai Supekutoruman), e do episódio 40 até o final simplesmente "Spectroman"(Spectreman) nos Estados unidos, e consequentemente no Brasil.

Sendo primeiramente exibida na década de '70 na extinta TV Tupi e depois, na TV Record(final da déc. '70, ou comecinho da déc. '80). Depois exibida pela TVS(atual SBT), onde obteve grande sucesso, e se tornou um fenômeno “CULT”. Foi exibido em diferentes horários na emissora, entre eles, também fez parte do  programa infantil BOZO. Nunca mais sendo exibida em outra TV Brasileira.

*“na minha opinião”, esta foi a série Japonesa mais exibida no Brasil. Mesmo sem assistir na TV TUPI e REDE RECORD, passei quase toda a década de ‘80(criança), assistindo Spectreman pela TVS(SBT), pelo o que me lembro. Em '82(6 anos),  gostava de desenhar tanto o Spectreman, quanto o(s) Ultraman, no Jardim de infância. Me recordo de também assistir nos seguintes anos da década... até pelo menos '86(sem exatidão; não sei ao certo se teve intervalos de exibição neste período, mas acho que não). Depois disso, tenho certeza de que ficou um tempinho sem ser exibido na TV, quando então chegaram Jaspion e Changeman na TV MANCHETE('88), dando início ao novo "BOOM" das séries Japonesas aqui. A TVS(SBT) voltou a passar Spectreman nas tardes da emissora, em '88(me lembro bem pois um amigo meu da época faltou aula para assitir no primeiro dia. Eu não consegui!). A idéia de trazer o herói "velho de guerra" não surtiu assim tanto afeito pois já estava considerada "ultrapassada" pelo público(no meu ponto de vista), por isso não durou muito tempo, e foi então aposentada definitivamente da TV Brasileira em '88 mesmo, ou em '89. 

.O ator TETSUO NARIKAWA(*15/04/1944), que interpretou “KENJI”- “JOOJI GAMOU ou jouji gamou ou mesmo  johji gamou” no original(personagem que se transformava em SPECTREMAN), faleceu em(+ 01/01/2010) aos 65 anos, devido a um câncer de pulmão. Assim como o ator Akiji Kobayashi, "capitão Muramatsu" de Ultraman '66. Que triste coincidência, não?

.TETSUO era mestre em KARATÊ e JUDÔ, e foi o fundador e presidente da liga internacional de Karatê SEIDOKAI GENSEI-RYU no Japão. Como ator, participou de diversas séries de TV em meados dos anos 60, mas ganhou mesmo fama como SPECTREMAN.
Após abandonar a carreira de ator, deu aulas de Karatê. Curiosamente, suas habilidades de lutas não foram exploradas na produção de SPECTREMAN; diferentemente do que disse o próprio,em entrevista para a revista HENSHIN: "Henshin: Sendo mestre em karatê, você chegou a participar de alguma cena de luta na série?
Tetsuo:Eu participei de muitas das cenas de luta durante toda a série, que durou cerca de um ano e meio. O fato de saber lutar karatê, inclusive, foi um dos motivos pelos quais fui escolhido para atuar como Spectreman."

 (A matéria foi publicada originalmente na edição N° 6, de 2000, na época em que o “Kenji”, ou melhor, Spectreman, chegava aos seus 56 anos.)

."Segundo dizem na internet"....O ator e modelo (JIRO DAN), inicialmente cotado para estrelar a série SPECTREMAN, chegou a gravar um episódio piloto de 8 minutos, em que o herói tinha um visual bem diferente do que o que conhecemos. Após a gravação do episódio piloto, JIRO DAN não topou continuar no projeto final, optando por interpretar o herói “HIDEKI GOH”, da série “O REGRESSO DE ULTRAMAN” (que viria a se chamar ULTRAMAN JACK posteriormente). O episódio piloto jamais foi exibido no Japão, ou em nenhum outro país(mas é possivel conseguí-lo hoje em dia em DVD-R “como extra” dos episódios originais, em alguns sites especializados em TOKUSATSUS). OBS:Eu tenho este piloto da série e "particularmente"...não acho que seja mesmo o ator JIRO DAN, ou ele mudou muito para fazer "o Regresso de Ultraman", mas como consta esta informação na net....tudo bem.
*hoje,dia 26/07/2013, acabei de ler uma entrevista concedida a revista HENSHIN(comemoração de dez anos) com o ator Jiro Dan, que interpretou Hideki-Goh em "o Regresso de Ultraman" - série Ultra do mesmo ano", dizendo não ter participado de tal episódio piloto. Sendo assim, fico feliz em saber que estava certo! Será que só eu havia percebido que o ator do piloto não era o Jiro Dan? Bom, agora é fato.

Ainda sobre este fato, algo curioso que nem eu havia sequer percebido...veja esta pergunta feita ao ator Tetsuo Narikawa na edição de número 06 da revista Henshin: "Henshin: Antes da série de TV, houve um piloto estrelado pelo Spectreman. O senhor chegou a participar dele?
Tetsuo: Exatamente por ser ator e saber lutar karatê, eu fui chamado para gravar o piloto. Como a idéia de fazer o seriado vingou e os produtores tinham pressa, fui convidado para fazer o Kenji (Johji, no Japão) e aceitei o convite para viver o personagem. Logo depois disso, começaram as filmagens"

 ...ou seja, segundo sua resposta, todos confundiram O ator Jiro Dan(Goh - o Regresso de ultraman), com o Tetsuo, hahaha. Mas não parece ser ele, principalmente por causa do cabelo mais comprido."De repente" , ele havia se equivocado devido ao longo tempo que havia se passado desde então...vai saber!? Mas espera aí...quem então teria atuado naquele piloto da série? Boa pergunta!!!

.A série obteve grande sucesso em seu país de origem.

.(Não encontrei informação sobre lançamentos em VHS).

.Foi lançado Spectreman em quadrinhos, pela editora Block, no começo da década de ‘80, onde o herói tinha uma cor diferente; em tons de azul; um design um pouco diferenciado do original, e com o personagem principal “kenji” com outro nome “Kenzo”; fazendo até parecer uma produção “pirata”.


.Lançada pela WORLD CLASSICS o Vol.1 da série com 31 episódios(até "O Mistério dos Ovos Gigantes parte 2"), com áudio original em Japonês, e Português, e legendas em Português. Não possui dublagem para 3 episódios: 25, 26, e 27, mas é devidamente informado no exterior da embalagem. Infelizmente não possui extras.

.A série pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português) “em alguns” sites especializados em DVDs de TOKUSATSU. Na maioria deles, só se encontra disponível a versão dublada da antiga TVS, com 3 episódios ditos “inéditos” no Brasil(25, 26, e 27), com áudio em Japonês(sem legendas em Português), mas em alguns já se é possível encontar estes 3 episódios com legendas, porém, não mais sendo “legal” devido ao lançamento feito pela WORLD CLASSICS, mencionado acima.



   O REGRESSO DE ULTRAMAN(KAETTEKITA URUTORAMAN) em Japonês: ,Exibida pala TOKYO BROADCASTING SYSTEM(TBS), entre 02/04/1971 e 31/03/72. Produzida pela TSUBURAYA PRODUCTIONS, em 51 episódios. Exibida às sextas-feiras, das 19:00hs às 19:30hs + 3 filmes(21/07/ ‘71 , 12/12/ ‘71 , 12/03/ ‘72). 3ª Série da franquia/estilo “ULTRAMAN”.

No Brasil, a série estreou na TV TUPI(já extinta)em 1974, durante o programa do CAPITÂO AZA, e em 1976, passou a ser exibida diariamente,ao meio dia, saindo do ar após 1 ano e meio, quando deu espaço ao seriado “Mundo Animal”. Voltou ao ar pela TV RECORD em ‘79, e já nos anos 80, foi exibida pela TVS(atual SBT).
Em 1986 a série pasou a ser exibida no programa”TV POWW”, alternando horário com o “Ultraman de Hayata”, o que causava confusão aos telespectadores, pois ambos os heróis se chamavam “ULTRAMAN”(embora na abertura brasileira fosse dito: "O Regresso de Ultraman"). Naquele mesmo ano, mudou de lugar, foi exibida no “CARROSEL de DESENHOS” da TVS, como tapa-buracos às 19h. Em 1987,fez parte das atrações do programa “ORADUKAPETA” (do Sérgio Malandro). Sua última exibição foi muito curta, em outubro de ‘87, no programa “BOZO”, quando deu lugar ao seriado “Spectreman”, nas tardes do SBT.

*OBS:Embora eu não concorde com essa última informação de exibição,logo acima em negrito(conseguida em diferentes sites na internet), pois não me lembro de assistir Spectreman em '87, nem mesmo O Retorno de Ultraman(posso estar errado); me lembro de ter ficado um "tempinho" sem ver a série Spectreman na tv, e depois, com o "boom" da "nova era" dos Tokusatsus da TV Manchete, a TVS(SBT) voltou representá-lanão por muito tempo, nas tardes da emissora, em '88(me lembro bem pois um amigo meu da época faltou aula para assitir no primeiro dia, eu não pude). Já quanto ao REGRESSO DE ULTRAMAN, pelo "o que me lembre", saiu do ar definitivamente em '86(quando apresentado na TV POWW), pois como dito acima...não me recordo de assistir a série em '87, mas posso estar enganado!

.Posteriormente o herói Ultra(que até então era apenas chamado de “ULTRAMAN”, foi rebatizado como “ULTRAMAN JACK”, para evitar confusões com o primeiro Ultraman.

.O nome “JACK” embora tivesse sido escolhido por todos a tempos atrás, só em meados dos anos 90 é que  se oficializou o nome.  “JACK” seria originalmente usado pelo ULTRAMAN TAROH (1973). Muita gente ainda conhece a série pelo nome de “O REGRESSO DE ULTRAMAN”,e não por  “ULTRAMAN JACK”.

.O ator Jiro Dan, que interpretou Hideki-goh na série, em entrevista para a revista "henshin"(eu li esta matéria na edição de comemoração de dez anos da mesma), disse que não havia participado do episodio episódio de "Spectreman - Kyodai Hero do mesmo ano", desmentindo assim, quase que 100% dos sites brasileiros que mencionavam tal fato. Mas quem acompanha este blog, viu que eu já havia dito não acreditar em tal coisa(mencionado em Spectreman, logo acima). Fico feliz em saber que estava certo!

Ainda sobre este fato, algo curioso que nem eu havia percebido...veja esta pergunta feita ao ator Tetsuo Narikawa(Kenji de Spectreman), na edição de numero 06 da revista Henshin: "Henshin: Antes da série de TV, houve um piloto estrelado pelo Spectreman. O senhor chegou a participar dele?
Tetsuo: Exatamente por ser ator e saber lutar karatê, eu fui chamado para gravar o piloto. Como a idéia de fazer o seriado vingou e os produtores tinham pressa, fui convidado para fazer o Kenji (Johji, no Japão) e aceitei o convite para viver o personagem. Logo depois disso, começaram as filmagens."...ou seja, segundo sua resposta, todos confundiram o ator Jiro Dan(Goh), com o Tetsuo(Kenji de Spectreman) hahaha; embora eu ache não ser o Sr. Narikawa, principalmente por causa do cabelo mais comprido. "De repente", ele havia se equivocado devido ao longo tempo que havia se passado desde então...vai saber!? Estando eu certo...quem teria então atuado no piloto da série? Hein?!


.(Não achei informação sobre lançamentos em VHS).

.A série pode ser adquirida(DVD-R), na maioria dos sites especializados em TOKUSATSU na versão dublada em Português apenas(em alguns episódios com a qualidade da dublagem muito ruim, pois foram inseridas por fãs que tinham as dublagens originais).Também encontrada  na versão Digital(dos dvds originais) legendados em PT em alguns sites.


LION MAN “BRANCO” (KAIKETSU LION MARU) no originaL(KAIKETSU RAIONMARU) pronúncia em Japonês: Exibida pela TV FUJI, das 19:00hs às 19:30hs, aos sábados. Produzida pela P-PRODUCTIONS(já extinta), entre 01/04/1972 e 07/04/1973, em 54 episódios. Série estilo “HENSHIN HERO” ou apenas “OTHER HERO”.

No Brasil, foram exibidos apenas 15 episódios, em 1990, pela TV MANCHETE(já extinta). Foram exibidos após o término da série LION MAN “lARANJA”(Fuun Lion Maru), que na verddade,foi lançada em 1973, um ano após LION MAN BRANCO.*(segundo entrevista com José Roszemblits, dono da TOP TAPE, a série foi dublada por inteiro, mas devido ao baixo retorno comercial, não foi exibida por inteiro.)

.Kaiketsu Lion maru foi um grande hit no Japão. A série conseguiu juntar o modismo da época, que eram os super-heróis, ao clima de “Jidai Geki” (Filmes de Época), um grande sucesso no final dos anos 60.

.O criador da série, TOMIO SAGISU, quando idealizou LION MAN, quis homenagear o “KAGAMI SHISHI”, personagem principal do tradicional “Teatro Kabuki”, que também é inspirado em um leão e tem uma longa juba branca.

.O ator TETSUYA USHIO foi o protagonista das duas séries LION MAN(o “Branco”-KAIKETSU LION MARU, como SHISHIMARU e o “Laranja”-FUNN LION MARU, como DAN SHIMARU).

.(Não encontrei informação dizendo se foi lançada em VHS).

.A série, até podia ser adquirida “completa”(DVD-R) em“audio original”, sem legendas em Português) no site JAPANDVDS à alguns anos atrás(o único que vi). Eu mesmo adquiri o disco 01, mas segundo o dono do site não se consegue mais copiar os discos, impossibilitando assim a venda do material. Inclusive o site não existe mais; segundo o dono, seus clientes mais chegados ainda podem efetuar compras com ele. Mas hoje em dia já se encontra a série completa na internet, com os episódios dublados exibidos no Brasil(mas de acordo com os dvds que consegui, apenas "10" possuem a dublagem original de TV(embora se anuncie que exista os "15" dublados; Mas convenhamos...nem dá pra reclamar né! Os outros "5" episódios exibidos no Brasil e o restante da série(episódios inéditos) estão legendados em Português. Consegui com particular via MERCADOLIVRE.


LION MAN “LARANJA” (FUUN LION MARU) no original,(FUUN RAION MARU) pronúncia em Japonês: Exibida pela TV FUJI, das 19:00hs às 19:30hs, aos sábados. Produzida pela P-PRODUCTIONS(já extinta), em 25 episódios. Estreou no Japão em 14 de abril de 1973. Série estilo “HENSHIN HERO” ou apenas “OTHER HERO”.

 Estreou no Brasil pela TV MANCHETE(já extinta), segundo consta, em 25/09/1989, juntamente com Jiraiya(Metal hero de '88) no programa "Cometa Alegria".

.Criados no início da década de 70, Lion Man “Branco '72” e  “Laranja ‘73” foram  sucessos no Japão. No Brasil o sucesso não foi tão grande, pois as séries foram exibidas à partir de '89/'90, quando os seriados tokusatus estavam no seu "auge", com uma tecnologia mais avançada. Os efeitos de Lion Man não eram iguais, por isso sua "aceitação" foi prejudicada.

.O ator TETSUYA USHIO foi o protagonista das duas séries LION MAN(o “Branco”-KAIKETSU LION MARU, como SHISHIMARU e o “Laranja”-FUNN LION MARU, como DAN SHIMARU).


.Foi lançada em VHS. (Não encontrei informação dizendo se foi lançada completa).

 .Foi lançada a trilha sonora original da série de TV em LP(1990).

.A série pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português)em sites especializados em TOKUSATSU.


GOGGLE FIVE(DAI SENTAI GOGGLE FIVE) no original - (GRANDE ESQUADRÃO GOGGLE FIVE) em português; (GIGANTES GUERREIROS GOGGLE FIVE) como ficou conhecido na dublagem: Exibida pela TV ASAHI entre 06/02/1982 e 29/01/1983. Produzida pela TOEI COMPANY, em 50 episódios. Exibida aos sábados, das 18:00hs às 18:30hs + 01 filme(13 / 03 / ‘82). 6ª série estilo SUPER SENTAI, Embora seja a mais antiga do estilo exibida no Brasil, foi apenas a 3ª a chegar no país, após “CHANGEMAN - 1ª no Brasil(9ª no estilo)” e “FLASHMAN - 2ª no Brasil(10ª no estilo)”.

Exibida no Brasil inicialmente pela REDE BANDEIRANTES a partir de 1990; depois de um tempo foi exibida pela REDE RECORD, por volta de 1993, onde chegou a ser exibida em horário nobre, mas como tapa buracos na programação.

.GOGGLE FIVE foi uma das séries “Super Sentai” de maior audiência no Japão, porém no Brasil, foi considerada fraca. Talvez pelo fato de ter sido exibida depois das duas séries “super Sentai” que mais agradaram no país: “Changeman” e “Flashman”(duas das séries TOKUSATSUS que mais fizeram sucesso aqui), que por serem mais novas, possuíam efeitos visuais mais modernos; mas na época os fãs não sabiam que se tratava de uma série “mais antiga” do “estilo Super Sentai”. Foi Exatamente o inverso do que aconteceu com “JASPION” e “JIRAIYA”(duas séries do estilo METAL HERO exibidas aqui, que em seus países de origem não fizeram grande sucesso porém no Brasil foram muito bem-sucedidas, sendo consideradas duas das melhores já exibidas no país).


.Em 2004, surgiu um boato de que o ator Ryouji Akaki (Akama/Goggle Red) teria morrido em 1995, vítima de câncer de pulmão, aos 37 anos. Porém, o boato foi desmentido pelo próprio ator via e-mail enviado à uma agência de noticias, onde diz que retirou-se do mundo artístico aos 28 anos de idade para dedicar-se aos negócios. Disse, ainda, que um fato que pode ter contribuído para que tal rumor fosse difundido foi a sua mudança de nome (o ator se chama, atualmente, Yoshiki Akagi); ou segundo minha amiga Japonesa, YOUICHI AKAGI(no Google Japan).

.(Não encontrei informação sobre lançamentos em VHS).

.Foi lançada em quadrinhos pela Editora EBAL(a que mais lançou os heróis Tokusatsus no Brasil).

.A série pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU.




SPACE COP “GABAN”(na dublagem da TV Globo); ou “GAVAN”(forma romanizada internacional): Vale lembrar que o som da letra “V” não existe na grafia japonesa, sendo então uma forma romanizada da pronúncia do som do “B” em Japonês. (Uchuu Keiji Gyaban) no original – (Detetive Espacial Gyaban, ou “Gaban” no Brasil): Exibida pela TV ASAHI, entre 05/03/1982 e 25/02/1983. Produzida pela TOEI COMPANY, em 44 episódios. Exibida às sextas-feiras, das 19:30hs às 20:00hs + um especial: Uchuu Keiji Crossover(O encontro dos Policiais do espaço). Foi a primeira série de televisão do gênero “TOKUSATSU” pertencente a franquia dos METAL HEROES.


Embora seja a 1ª série do estilo “Metal Hero”, só foi a 4ª  a chegar no Brasil.Não obetve o mesmo êxito das 3  primeiras(exibidas aqui), pois os telespectadores ainda não sabiam  que se tratava de uma série “Metal Hero” produzida anteriormente, com menos qualidade de efeitos visuais, etc. Foi exibida após JASPION ‘85(4ª série estilo Metal Hero); SHARIVAN ‘83(2ª série estilo Metal Hero); SHAIDER ‘84 (3ª série estilo Metal Hero). Foi a “última” da TRILOGIA dos “policiais do espaço” a ser exibida no Brasil(com pouca diferença de tempo), sendo que a ordem certa de exibição seria: 1ª-GABAN, 2ª-SHARIVAN, 3ª-SHAIDER.

Exibida no Brasil, primeiramente pela REDE GLOBO(como “Space Cop”) em 1991, e depois na TV GAZETA(no programa GAZETINHA).

.A série é considerada uma das melhores já produzidas em sua década e "salvadora" da TOEI COMPANY, que na época estava passando por uma grave crise financeira.

.GABAN foi a série de maior sucesso entre os METAL HEROES da TOEI no Japão.

.Devido ao enorme sucesso que Gaban fez na época no Japão, ele retornaria em participações especiais na serie sucessora (Sharivan).

.Foi a serie que revelou o famoso ator e dublê Hiroshi Watari, onde apareceu nos últimos episódios como Den Iga, e se transformou em SHARIVAN(metal Hero Sucessor) pela primeira vez.

.Gavan, além de Sharivan, se encontra com Shaider no especial Uchuu Keiji Crossover (O encontro dos Policiais do espaço).

.Lançada em VHS pela GLOBO VÍDEO(não encontrei informação dizendo se foi lançada completa).

.A série pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU.



 SHARIVAN “O Guardião do Espaço”(Uchuu Keiji Shariban) no original - (Detetive Espacial Shariban, ou “Sharivan"  no Brasil). Vale lembrar que o som da letra “V” não existe na grafia japonesa, sendo então uma forma romanizada da pronúncia do som do “B” em Japonês: Exibida pela TV ASAHI, entre 04/03/1983 e 24/02/1984. Produzida pela TOEI COMPANY, em 51 episódios. Exibida às sextas-feiras, das 19:30hs às 20:00hs + especial “Uchuu Keiji Crossover”(O encontro dos Policiais do espaço). Foi a 2ª  série pertencente à franquia dos Metal Heroes,e da mesma forma, a segunda série da trilogia dos Policiais do Espaço, sucedendo GABAN (’82).

Foi exibida no Brasil pela REDE BANDEIRANTES a partir do dia 8 de outubro de 1990 à 21 de dezembro do mesmo ano. Posteriormente foi exibida na REDE RECORD em 1993 e na TV GUAÍBA, de 13 de setembro de 1993 a 15 de janeiro de 1994. Voltou a ser exibido em 1996 pela REDE RECORD no programa “Tarde Criança”.

.Na época em que a série começou a ser produzido, o ator HIROSHI WATARI(Sharivan) tinha apenas 19 anos.

.A audiência de SHARIVAN foi, de fato, inferior à de GABAN. Segundo dados de medição, a audiência caiu de 14,9% para 12,9%. Pensa-se que isso se deve ao fato do aparecimento do personagem “Leider”, de quem as crianças tinham muito medo da figura e da voz, na época.

.Sharivan foi a serie da trilogia que fez mais sucesso no Brasil, devido ao fato de ser a primeira a ser exibida, e pelo enredo sombrio e misterioso.

.Devido ao sucesso na serie anterior, “Kenji Ohba” retorna em alguns episódios como GAVAN para auxiliar SHARIVAN na luta contra MAD.

.SHARIVAN,além de GAVAN, também se encontra com SHAIDER no especial “Uchuu Keiji Crossover” (O encontro dos Policiais do espaço).


.Foi lançada em VHS(não encontrei informação se foi lançada completa).

. Foi lançada em quadrinhos pela Editora EBAL.

.A série pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU.


MACHINEMAN(Seiun Kamen Machineman) no original – (Máscara Nebulosa Machineman) em Português: Exibida pela NIHON TV entre 13/01/1984 e 28/09/1984, às sextas-feiras de 17:30hs às 18:00hs. Produzida por SHOTARO ISHINOMORI(p/TOEI COMPANY), em 35 episódios + 01 episódio(restrospectiva da série), totalizando 36 episódios(Não teve filmes lançados). É uma série do estilo HENSHIN HERO ou mesmo OTHER HERO.

No fim dos anos oitenta, vendo o sucesso de JASPION  e CIA na  TV MANCHETE, a BANDEIRANTES resolveu investir no filão e negociou algumas séries: Metalder(6ª série Metal Hero) com a Everest; Google V(6ª série Super Sentai); Machine Man; e Sharivan(2ª série Metal Hero) com a Oro Filmes. A princípio,os “Tokus” eram exibidos no horário nobre do canal (alternando entre si), mas depois passaram a fazer parte do programa vespertino TV CRIANÇA. Segundo consta, a série começou a ser exibida em 1990.


Apesar do “boom” dos Tokusatsus na época, essas séries não alcançaram o mesmo successo junto ao público em geral. Machine Man só voltaria à TV em meados de 1993 na RECORD, quando a mesma passou a exibir Jaspion(4ª Metal Hero), Changeman(9ª Super Sentai), Flashman(10ª Super sentai), Sharivan e Goggle V. Nessa época, a série passou por diversos programas infantis da emissora, tendo sido exibido até em horário nobre, às 20h, como tapa buracos. Na mesma época, ainda foi reprisado pela TV GUAÍBA do sul do país, e desde então, o herói desapareceu da telinha.

.A atriz KYOMI TSUKADA, que interpreta a “Gunko”, par romântico do personagem que se transforma em Machineman, fez a andróide “Anri” do seriado JASPION( ‘85 - 4º Metal Hero), um dos mais populares no Brasil.

.Machineman também pode ser considerado como uma versão do “SUPERMAN” no Japão. O personagem vem do espaço (O Superman veio de Krypton), é apaixonado pela jornalista Gunko (Clark e Lois Lane), usa óculos na identidade secreta, se finge de desastrado e possuia uma capa sem muita utilidade para as lutas, além do toque da marca "M" no peito de seus inimigos humanos, referência esta, direta ao herói “Zorro”.

.MACHINEMAN fez muito sucesso no Japão, o que motivou a Toei a lançar um novo seriado direcionado ao  “público infantil”. Assim, SHOTARO ISHINOMORI também criou “Kyodai Ken Byclosser – 1985(BICROSSERS no Brasil - série estilo Henshin Hero ou Other Hero), que também seria exibida no Brasil.


.Foi lançada em VHS(não achei informação se foi lançada completa).

.Foi lançada em quadrinhos pela Editora EBAL.

.A série pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU.


“SPACE COP” SHAIDER: (Uchuu keiji Scheider) no original – (Detective Espacial Scheider, ou "Shaider" em português): Exibida pela TV ASAHI entre 02/03/1984 e 08/03/1985 às sextas-feiras de 19:30hs às 20:00hs. Produzida pela TOEI COMPANY, em 48 episódios; + especial “Uchuu Keiji Crossover”(O encontro dos Policiais do espaço), + 2 filmes(14 /07 / ‘84 e 22 /12 / ‘84). Série estilo pertencente à franquia dos METAL HERO(3ª), sucedendo SHARIVAN e antecedendo JASPION. Foi a última da TRILOGIA (“Policiais do espaço”).

No Brasil, SHAIDER estreou em novembro de 1990 nas tardes da TV GAZETA. Todavia, a série saiu do ar rapidinho e foi parar na TV GLOBO em janeiro de 1991 dentro do “Xou da Xuxa”. Aparentemente, a Globo “roubou” (já que ela era a distribuidora) a série da emissora e a levou ao ar pra fazer frente aos Tokusatsus das concorrentes. Após a primeira exibição, a série foi jogada pra escanteio e entrou em seu lugar o “Policial do Espaço” Gaban (em março de '91). Ocupando o nobre lugar de tapar buracos na programação da madrugada, a série pelo menos chegou à ser reprisada até o fim, mas praticamente "ninguém" viu… Por essa razão poucos conhecem a série no Brasil.
Mais tarde, a Gazeta pegou a série de novo e reprisou a série do começo ao fim, e com as aberturas e encerramentos supridos pela Globo, mas ainda asssim passou meio que desapercidida(segundo consta).

.O ator HIROSHI TSUBURAYA( * 1964), neto de EIJI  Tsuburaya – Fundador da TSUBURAYA PRODUCTIONS e criador do personagem “Ultraman”, que interpretou o personagem-título do seriado, morreu em +24/07/2001, aos 37 anos, afligido por uma doença degenerativa no fígado.


.GABAN e SHARIVAN aparecem na serie, só que em forma de Flash-back em uma cena de batalha contra “Fuuma”; e em quadros desenhados. A aparição deles lado a lado com Shaider só acontece mesmo no especial Uchuu Keiji Crossover (O encontro dos Policiais do espaço).

.SHAIDER também teve dois filmes (especiais para cinema).
.A armadura e a moto de SHAIDER foram consideradas uma das mais bem feitas da sua época.

.Foi lançada uma fita de vídeo pela Globo Filmes com os primeiros episódios, que tinha como subtítulo “O Detetive do Espaço”. Na foto da contra-capa um misterioso monstro que nunca apareceu na série.
.A série também pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em
sites especializados em TOKUSATSU.




BICROSSERS(KYODAI KEN BYCLOSSER) no original - (Punho Fraternal Bycrosser) em Português:Exibido pela NIHON TV entre 10 / 01 / 1985  e  26 / 09 / 1985(não foi possível encontrar informação sobre o dia e horário de apresentação no Japão, nem mesmo em sites Japoneses). Produzido por SHOTARO ISHINOMORI(ISHINOMORI PRODUCTIONS) e TOEI COMPANY, em 34 episódios(4 episódios foram reprisados após seu término). Não teve filmes produzidos. Série estilo HENSHIN HERO, ou mesmo OTHER HERO.

No Brasil, a série foi primeiramente lançada em vídeo, e depois exibida na REDE GLOBO, estreando em janeiro de 1991 na “sessão Aventura” às 17:15hs, sendo reprisada na TV GAZETA. Na TV Brasileira, a série foi exibida até o episódio 33, sendo o último(episódio 34), deixado de lado.


.O ator YUKI TSUCHIYA, que interpretou o herói “Ginjiro”(o irmão mais novo - “Bycrosser AZUL”), morreu num acidente de carro, em 1990, aos 26 anos(aliás, o seriado foi exibido no Brasil depois da morte dele, em 1991).




.BICROSSERS nasceu principalmente devido ao sucesso que MACHINE MAN(série Henshin Hero) conseguira um ano antes. Ambas as séries foram idealizadas pelo mestre dos quadrinhos japoneses SHOTARO ISHINOMORI.(Ambas as séries foram voltadas mais para o público infantil).

.Foi lançada em VHS(não encontrei informação se foi lançada completa).

.A série pode ser adquirida até o episódio 34(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU, exceto o episódio 26 e o (34 – este inédito no Brasil; é a continuação do episódio 33), só com áudio em Japonês,sem legendas.



CHANGEMAN: (DENGEKI SENTAI CHENJIMAN) no original – (ESQUADRÃO RELÂMPAGO CHANGEMAN) em português: Exibida pela TV ASAHI entre 02/02/1985 e 22/02/1986. Produzida pela TOEI COMPANY, em 55 episódios. Exibida aos sábados das 18:00hs às 18:25hs, + 2 filmes(16/03/ ‘85 e 13/07/ ‘85). 9ª série estilo SUPER SENTAI, sendo a 1ª(Super Sentai) à ser exibida no Brasil, e a que obteve o maior sucesso. Umas das séries TOKUSATSU de maior sucesso no Brasil, não só apenas entre as “Super Sentai”; e uma das precursoras, junto com “Jaspion”, a dar início ao novo(e último) “BOOM” das séries TOKUSATSUS no Brasil, até então.

  No Brasil, onde inicialmente estava disponível apenas em fitas de vídeo distribuídas pela Everest Vídeo(mais tarde Tikara Filmes). Posteriormente passou a ser exibida na televisão a partir de 1988 pela extinta REDE MANCHETE(no programa vespertino “Clube da Criança”, apresentado pela “Angélica” em começo de carreira na TV(2º programa dela), ate meados de 1994 e, a partir do mesmo ano pela TV RECORD e, mais tarde, pela TV GAZETA.
*Atualmente exibida as sextas-feiras pela REDE BRASIL DE TELEVISÃO, conhecida como RBTV ou apenas REDE BRASIL(Campo Mourão/PR), que entrou no ar em abril de 2007 e possui seus estúdios na capital paulista. Não atinge grande parte do território nacional(TV aberta/uhf), mas sendo também possível conseguir seu sinal por algumas TVs por assinatura, e pela internet(ao vivo). *Segundo consta, os tokusatsus não são exibidos de forma "legal".


.Foi uma das séries SUPER SENTAI mais bem sucedidas no Japão, só tendo menos episódios do que a 1ª série do estilo(Goranger), mas esta foi exibida de 05/04/ ‘75 à 26/03/ ‘77.

.A primeira série em solo brasileiro onde se pode ver uma "multi - transformação", envolvendo todos os 5 integrantes da equipe(transformação esta, pertinente ao estilo "Super Sentai", que ainda não era conhecido por aqui), cada um com uma cor característica, e seus movimentos e armas peculiares; e também a união dos veículos de combate para formação de um robo gigante, ou "mecha"(neste caso, o "Change Robo") que destruiria o inimigo ao final do episódio. Foi certamente muito marcante!

.CHANGEMAN foi a primeira série Super Sentai onde uma das integrantes femininas foge ao padrão de vestir rosa ou amarelo(Change Mermaid veste branco), a ter um aumentador de monstros e a primeira a possuir uma arma de fogo para destruir os monstros: “Power Bazooka”.

.O estereótipo de "guerreiro vilânico" do pirata espacial Buba, considerado inovador para a época do seriado (1985), inspirou outros vilões dessa mesma "linha", tais como Wandar em FLASHMAN e Comandante Barabas em MASKMAN - incluindo suas mortes em confrontos dramáticos com os líderes dos Sentai ao final de cada respectiva série.

.Quando a série foi lançada em VHS no Brasil, os temas de abertura e encerramento encontravam-se devidamente legendados em português,com a música japonesa tocando. No entanto, talvez pelo tradutor não ter um ouvido muito apurado para o idioma Inglês, o refrão do tema de encerramento “Never Stop Changeman”(nunca pare CHANGEMAN) foi legendado como “May Be A Star Changeman”( pode ser uma estrela CHANGEMAN).

.No Japão a série foi lançada inteiramente em DVD remasterizado, com qualidade superior de imagem em relação ao Box Brasileiro. Como nada é perfeito, o audio japonês do DVD BOX da Toei Video tem qualidade inferior ao áudio japonês do BOX lançado no Brasil.

.lançada no final de 1986 em VHS.(não achei informação se foi lançada completa).

.Lançado em ‘88 um álbum de figurinhas pela BLOCH EDITORES do “CHANGEMAN e JASPION”, que fez muito sucesso.

.Também lançado pela Editora EBAL(a que mais lançou heróis Tokusatsus no Brasil), a série Jaspion(4ª série Matal Hero) em quadrinhos,na qual também tinha aventuras dos Changeman. A mesma editora também lançou uma “Revista de Passatempos “do Changeman , e uma “Revista Poster  Especial” da série.

.Também lançado um álbum de figurinhas “O Fantástico show do Jaspion “, onde também tinha figurinhas do Changeman,pela Editora CROMY.

.Outro álbum de figurinhas sobre as duas séries que mais fizeram sucesso durante o ‘Boom” dos Tokusatsus na Manchete(Jaspion e Changeman) foi lançado pela Editora BUBBLETS.

.A editora ABRIL lançou os quadrinhos do CHANGE KIDS, onde os heróis eram
crianças.

.Foi lançada a trilha sonora original da série de TV em LP(versões em Português).

.Também foram lançados produtos da série(balas,chicletes, lancheiras, mochila, kit de espada e escudo do Change Robô, máscara dos heróis,etc).

.Foi lançado o CIRCO SHOW da série juntamente com o Jaspion(4ª série Metal Hero), onde atores fantasiados dos heróis(roupas originais da TOEI)faziam encenações para o público.

.O grupo infantil TREM DA ALEGRIA lançou uma música intitulada: "Jaspion-Changeman" no álbum de 1989.


.A série ainda pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSUS. Porém não mais sendo “legal” pois  a FOCUS FILMES, lançou a série em DVD(dual áudio JAP./POR.,e legendas em Portugês), e detém os direitos.(Box.01 e 02(5 dvds em cada Box) e avulsos - 2009), nas versões “comum” e “luxo”- na qual vem embalada em uma lata de metal(só Box 01) e vem com (01 camiseta e 01 mini pôster – na versão” BOX DE COLECIONADOR”, sendo este mais caro(edição limitada).


JASPION: (KYOJUU TOKUSOU JUSPION) no original – (INVESTIGADOR DE MONSTROS JUSPION) em português. Lançado no Brasil como “O Fantástico Jaspion”: Exibida pela TV ASAHI, entre 15/03/85 e 24/03/1986. Produzida pela TOEI COMPANY, em 46 episódios. Do episódio 01 ao 34: às sextas - feiras, de 19:30 às 20:00. Do episódio 35 em diante: às segundas - feiras, das 19:00 às 19:30. Não teve filmes produzidos. Série estilo METAL HERO – embora seja a 4ª série do estilo, foi a 1ª a chegar no Brasil, e a que mais fez sucesso. Umas das séries TOKUSATSUS de maior sucesso no Brasil, não só apenas entre as “METAL HERO”. Uma das precursoras, junto com “CHANGEMAN”, a dar início ao novo(e último) “BOOM” das séries TOKUSATSUS no Brasil, até então.

No Brasil, foi transmitida pela extinta REDE MANCHETE a partir de fevereiro de 1988, no programa vespertino “Clube da Criança”, apresentado pela “Angélica”(em começo de carreira na TV(2º programa dela) obtendo enorme sucesso e desencadeando uma febre nacional pelo gênero de super-heróis Japoneses no país, abrindo as portas para a importação de novas produções “Tokusatsu”. Foi até meados de 1994, depois exibida pela REDE RECORD, entre agosto de 1994 e dezembro de 1995, com reprises em 1996, mantendo elevados índices de audiência. Posteriormente, em 1997, foi transmitida pela CNT/GAZETA. Ficou fora do ar até 2009, quando começou a ser exibida pela ULBRA TV, com sede em Porto Alegre(RS). Pertence à Universidade Luterana do Brasil(Ulbra), onde permanece até hoje, e recentemente em 2012, foi exibida na REDE MEIO NORTE, sediada em Teresina, capital do Piauí, com uma programação voltada ao público Piauiense, Maranhense e à Região Nordeste.

*Atualmente exibida às segundas-feiras, pela REDE BRASIL DE TELEVISÃO, conhecida como RBTV ou apenas REDE BRASIL(Campo Mourão/PR), que entrou no ar em abril de 2007 e possui seus estúdios na capital paulista.
Não atinge grande parte do território nacional(TV aberta/uhf), mas sendo também possível conseguir seu sinal por algumas TVs por assinatura, e pela internet(ao vivo). *Segundo consta, os tokusatsus não são exibidos de forma "legal".

.Devido à sua popularidade gigantesca no Brasil, o personagem JASPION tornou-se o representante maior dos heróis japoneses(em termos gerais), e pelo jeito, ainda continua sendo até os dias atuais.

.Diferente de Changeman(serie "super sentai" lançada no mesmo ano), bem sucedida tanto no Brasil quanto no Japão, Jaspion não fez um grande sucesso no seu país de origem. Não chegou a ser  um "fracasso total", mas foi uma decepção para a TOEI CO. pela expectativa depositada no Metal Hero. Além de atores famosos do gênero "Tokusatsu", o elenco incluia o conhecido cantor Isao Sasaki, mas mesmo assim não foi o grande "hit" esperado.
A aposta em Jaspion foi tão grande que a própria Toei ordenou que os temas de abertura e encerramento tivessem versões em Inglês, interpretadas pelo cantor Henry. Era uma das primeiras tentativas da produtora japonesa à penetrar no mercado ocidental(sobretudo, o Norte-Americano).


.A série tinha sido lançada anteriormente em VHS no final de 1986(não achei informação se foi lançada completa).

.Lançado em ‘88 um álbum de figurinhas pela BLOCH EDITORES do “JASPION” e “CHANGEMAN”, que fez muito sucesso. Também lançado pela Editora BLOCK “O Fantástico Jaspion” - Edição especial em fotos.

.Lançado pela Editora EBAL, Jaspion em quadrinhos(com Changeman); e também uma revista de passatempos “O Fantástico Jaspion”.

.Lançado também pela Editora ABRIL em quadrinhos.

.Lançado pela Editora CROMY o álbum”O Fantástico Show do Jaspion”, que também tinha figurinhas do Changeman(9ª Série Super Sentai do mesmo ano).

.Outro álbum de figurinhas foi lançado, JASPION e CHANGEMAN, pela Editora BUBBLETS.

.Também lançado em ‘89, almanaque do Jaspion(com Flashman - 10ª série Super Sentai ‘86), mas não encontrei a editora responsável.

.Foi lançada a trilha sonora original da série de TV em LP em 1989(versões em Português)
.
.Foram também lançados brinquedos da série pela empresa de plásticos APOLO, mas os bonecos eram feios(bonecões de vinil e bonequinhos de plástico com adesivos colantes).

.Foi lançado o CIRCO SHOW da série juntamente com o Changeman(9ª série Super Sentai), onde atores fantasiados dos heróis(roupas originais da TOEI)faziam encenações para o público.

.O grupo infantil TREM DA ALEGRIA lançou uma música intitulada: "Jaspion-Changeman"  no álbum de 1989.

.A série ainda pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU, porém, não mais sendo “legal” pois  a FOCUS FILMES lançou a série em DVD(dual áudio JAP./POR., e legendas em Portugês), e detém os direitos. Box: 01 e 02(5 dvds em cada Box) e avulsos - 2009, nas versões “comum” e “luxo” - na qual vem embalada em uma lata de metal(só Box 01) e vem com 3 cards e um boneco de vinil do herói – na versão “BOX DE COLECIONADOR”, sendo este mais caro(edição limitada).


FLASHMAN – “Comando Estelar Flashman” (Choushinsei Flashman) no original – (Choushinsei Furasshuman) na pronúncia Japonesa - (Supernova Flashman) tradução em Português: Exibida pela TV ASAHI entre 01/03/1986 e 21/02/1987. Produzida pela TOEI COMPANY, em 50 episódios. Exibida aos sábados, das 18:00hs às 18:25hs + 2 filmes(15/03/ ‘86 e 14/03/ ‘87). 10ª série estilo SUPER SENTAI. Foi a 2ª a chegar no Brasil, após CHANGEMAN(9ª Super Sentai). Obteve sucesso no Brasil, mas não tanto quanto Jaspion e CHANGEMAN. Porém, considerada por muitos como “a melhor série SUPER SENTAI” exibida aqui, assim como um dos melhores TOKUSATSUS em geral.

No Brasil foi exibida pela extinta REDE MANCHETE a partir de 1989, no programa vespertino “Clube da Criança”(apresentado pela Angélica); e depois exibida pela REDE RECORD e CNT/GAZETA.
*Atualmente exibida as segundas-feiras pela REDE BRASIL DE TELEVISAO, conhecida como RBTV ou apenas REDE BRASIL(Campo Mourão/PR), que entrou no ar em abril de 2007 e possui seus estúdios na capital paulista. Não atinge grande parte do território nacional(TV aberta/uhf), mas sendo também possível conseguir seu sinal por algumas TVs por assinatura, e pela internet(ao vivo). *Segundo consta, os tokusatsus não são exibidos de forma "legal". OBS: Não consta mais em sua grade de programação.


.A série foi lançada em VHS pela EVEREST VIDEO(não achei informação se foi lançada completa).

.Lançado pela Editora EBAL, revista de passatempos COMANDO ESTELAR FLASHMAN.

.Também lançado em quadrinhos(não sei se apenas um, ou mais exemplares), junto com Jaspion(4ª série Metal Hero, que por ser a de maior sucesso no Brasil, era a de maior destaque nos quadrinhos, junto com Changeman(9ª série Super Sentai). Não consegui informação da Editora responsável.

.A série também teve participação no álbum de figurinhas JASPION 2 – SPIELVAN(capa), lançado pala Editora ABRIL PANINI(1991). Onde, além da série SPIELVAN(5ª série Metal Hero, que foi lançada com o nome de Jaspion 2, por causa do sucesso alcançado com o herói metálico anterior, mas sem alcançar o mesmo sucessso), também tinha figurinhas das séries BLACKMAN(nome dado a série Black Kamen Rider(‘87); MASKMAN(Super Sentai ‘87); METALDER(6ª Metal Hero). Com exceção de Metalder(exibida pela Bandeirantes), as outras 4 séries foram exibidas pela Rede Manchete(já extinta).

.A trilha sonora da série de TV foi lançada em LP pela BMG ARIOLA.

.lançada em 2010 pela FOCUS FILMES(assim como JASPION(4ª série Metal Hero); CHANGEMAN(9ª Super Sentai); JIRAIYA(7ª Metal Hero), e NATIONAL KID(Henshin Hero, ou Other Hero de '60), a série Comando Estelar Flashman-áudio JAP./POR., legendas em POR., em 3 versões:(5 DVDS com 25 episódios cada), pelo o que ví. o DVD BOX vol.01(mais barato); o DVD BOX vol.2(o mais caro); e a versão com uma lata para armazezar os dvds do vol.01(sendo esta mais cara que o Box 1 - normal, só que um pouco mais barata que o Box 2 - normal), segundo o site onde encontrei. O volume 2 da série já foi lançado também, com 5 dvds, a partir do episódio 26.

.A série também pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU, porém, não sendo mais "legal" pois agora a FOCUS FILMES detém os direitos.



SPIELVAN ou (“Jaspion 2”- no Brasil) - (Jikku Senshi Spielvan) no original – (Jikku Senshi Spiruban) pronúncia Japonesa - (Guerreiro Dimensional Spielvan) em Português): (vale lembrar que a letra “V” é pronunciada com o som de “B” em Japonês.: Exibida pela TV ASAHI entre 07/04/1986 e 09/03/1987. Produzida pela TOEI COMPANY, em 44 episódios. Exibida às segundas-feiras, das 19:00hs às 19:30hs(não consta informação sobre filme(s). 5ª série estilo METAL HERO.

No Brasil foi exibida pela extinta REDE MANCHETE a partir de 1991, onde recebeu o nome de “JASPION 2”, dando uma falsa idéia de continuação de JASPION, o que não era verdade; tanto que nunca foi utilizado o nome “Jaspion” na dublagem, e sim SPIELVAN. Foi apenas um lance de “marketing” para manter os fãs do “Metal Hero” anterior ligados na série; o que não deu muito certo.

.Foram lançadas algumas fitas de vídeo da série, não saindo dos volumes iniciais.

.Fo lançado o álbum de figurinhas JASPION 2 – SPIELVAN(capa), lançado pala Editora ABRIL PANINI(1991). Onde, além da série SPIELVAN, também tinha figurinhas das séries BLACKMAN(nome dado a série Black Kamen Rider(‘87); FLASHMAN(10ª Super sentai); MASKMAN(11ª Super Sentai); METALDER(6ª Metal Hero). Com exceção de Metalder(exibida pela Bandeirantes), as outras 4 séries foram exibidas pela Rede Manchete(já extinta).

.Foi lançada a trilha sonora em LP com músicas adaptadas das séries BLACK KAMEN RIDER(série Kamen Rider ‘87) e JASPION(Metal Hero ‘85).

.Teve também brinquedos lançados pela extinta GLASSLITE.

.A série pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU. Os 4 últimos episódios nunca foram exibidos no Brasil(sendo assim, legendados em Português).



MASKMAN – “Defensores Da Luz Maskman”(Hikari Sentai Maskman) no original – (Hikari Sentai Masukuman) pronúncia Japonesa - (Esquadrão da Luz Maskman) tradução em Português: Exibida pela TV ASAHI entre 28/02/1987 e 20/02/1988. Produzida pela TOEI COMPANY, em 51 episódios. Exibida aos sábados, das 18:00hs às 18:25hs + 01 filme(18/07/ ‘87). 11ª série estilo SUPER SENTAI. Foi a 4ª e última a chegar no Brasil, e teve uma repercussão mediana.

No Brasil foi exibida pela extinta REDE MANCHETE a partir de 1991. Depois disso, houve uma  reprise em 1999, também pela REDE MANCHETE, e pela REDE TV(ainda em fase experimental), que exibiu a série até o episódio36.

.Foram lançadas algumas fitas de vídeo pela VIDEOLAR.

.Foi lançado em quadrinhos pela Editora ABRIL JOVEM, na revista HERÓIS DA TV.

.A série também teve participação no álbum de figurinhas JASPION 2 – SPIELVAN(capa), lançado pala Editora ABRIL PANINI(1991). Onde, além da série SPIELVAN(5ª série Metal Hero, que foi lançada com o nome de Jaspion 2, por causa do sucesso alcançado com o herói metálico anterior, mas sem alcançar o mesmo sucessso), também tinha figurinhas das séries BLACKMAN(nome dado a série Black Kamen Rider(‘87); FLASHMAN(10ª Super Sentai): METALDER(6ª Metal Hero). Com exceção de METALDER(exibida pela Bandeirantes), as outras 4 séries foram exibidas pela Rede Manchete(já extinta).

.A série também pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSUS.
­­­­

METALDER – “Metalder, O Homen Máquina”(ChouJinki Matalder) no original – (ChouJinki Mataruda) pronúncia Japonesa – (Super Humano Máquina Metalder) tradução em Português: Exibida pela TV ASAHI entre 16/03/1987 e 17/01/1988, às segundas-feiras, das 07:00hs às 07:30hs(até o episódio 24). A partir do episódio 25, até o final, exibida aos domingos das 09:30hs às 10:00hs da manhã. Produzida pela TOEI COMPANY, em 39 episódios e um filme, lançado em 18/07/ ‘87. 6ª série estilo METAL HERO.

Exibida no Brasil a partir de março, (ou abril, segundo alguns)de 1990 pela REDE BANDEIRANTES.

.A série teve fraquíssima repercussão em seu país de origem, sendo encurtada para 39 episódios devido ao fracasso. Especula-se que isso se deu devido ao tom sério e altamente melancólico da produção, que tinha fortes doses de drama, e da temática da série, considerada adulta por muitos, e por isso, não chamou a atenção do público-alvo. Até hoje a série divide opiniões, sendo por alguns considerada uma produção deslocada e desnecessária, e por outros uma das melhores séries do gênero Tokusatsu já produzidas.

.Posteriormente, em 1994, foi adaptada para o público 
americano, juntamente com SPIELVAN( junto com LADY DIANA) e SHAIDER, pela produtora norte-americana SABAN ENTERTAINMENT como a série “VR TROOPERS”, que foi exibida no Brasil pela REDE GLOBO(mas não é considerada uma série  “TOKUSATSU”, por ser uma adaptação não japonesa).

.(Não encontrei informação dizendo se foi lançada em VHS).

.A série também teve participação no álbum de figurinhas JASPION 2 – SPIELVAN(capa), lançado pala Editora ABRIL PANINI(1991). Onde, além da série SPIELVAN(5ª série Metal Hero, que foi lançada com o nome de Jaspion 2, por causa do sucesso alcançado com o herói metálico anterior, mas sem alcançar o mesmo sucessso), também tinha figurinhas das séries BLACKMAN(nome dado a série Black Kamen Rider(‘87); FLASHMAN(10ª Super Sentai); MASKMAN(11ªSuper Sentai). Com exceção de METALDER(exibida pela Bandeirantes), as outras 4 séries foram exibidas pela Rede Manchete(já extinta).

.A série pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU.



BLACK KAMEN RIDER(Kamen Rider Black) no original – (Kamen Raida Burakku) pronúncia Japonesa: Exibida pela TV  TBS(Tokyo Broadcasting System), das 10:00hs às 10:30hs da manhã, aos domingos, entre 04/10/1987 e 09/10/1988. Produzida pela TOEI COMPANY em associação com a ISHIMORI PRODUCTIONS, em 51 episódios e 2 filmes. 8ª série da franquia KAMEN RIDER. Foi o 9º Rider “protagonista” a ser criado, considerando-se também o Kamen Rider ZX(Filme de 1984).

Foi a primeira das duas séries “Kamen Rider” a ser transmitida no Brasil. Exibida pela extinta REDE MANCHETE, a partir de abril de 1991, no programa “Sessão Super Heróis”, obtendo grande sucesso e popularidade.

.Foi chamada inicialmente no Brasil de “BLACKMAN”, mas apenas nas chamadas da série e na versão brasileira do tema de abertura, pois foi sempre chamada de BLACK KAMEN RIDER nos episódios dublados.

.A série marcou o retorno da franquia “Kamen Rider” após um hiato de 6 anos sem a produção de “séries televisivas”; desde o término da série KAMEN RIDER SUPER ONE, em 03/10/1981.

.É a única série da franquia “Kamen Rider” a ter uma continuação direta, entitulada KAMEN RIDER BLACK RX, em ‘88, continuando a saga do protagonista ISSAMU MINAMI(na dublagem em português), MINAMI KOTARO(no original).

.Sua temática adulta e dramática, contrastante com as demais séries do gênero, foi(e até hoje é) elogiada por muitos fãs, sendo por muitos considerada uma das melhores produções da franquia “Kamen Rider”, e do gênero “Tokusatsu” em geral já produzidas.

.Foi lançada em VHS pela EVEREST VÍDEO(não achei informação dizendo se foi lançada completa.

.A série também teve participação no álbum de figurinhas JASPION 2 – SPIELVAN(capa), lançado pala Editora ABRIL PANINI(1991). Onde, além da série SPIELVAN(5ª série Metal Hero,que foi lançada com o nome de Jaspion 2, por causa do sucesso alcançado com o herói metálico anterior, mas sem alcançar o mesmo sucessso), também tinha figurinhas das séries: FLASHMAN(10ª Super Sentai); MASKMAN(11ª Super Sentai); METALDER(6ª Metal Hero). Com exceção de Metalder(exibida pela Bandeirantes), as outras 4 séries foram exibidas pela Rede Manchete(já extinta).

.Também lançado em quadrinhos, na revista HERÓIS DA TV, pela editora ABRIL.

.Foi lançada a trilha sonora da série de TV em LP(lançada como “BLACKMAN”).

.Também foram lançados alguns brinquedos pela extinta GLASSLITE.

.A série pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSUS(porém o último episódio seja apenas legendado em Português, pois não foi exibido no Brasil).



JIRAYA - “O INCRÍVEL NINJA”(Sekai Ninja Sen Jiraiya) no original – (Guerra Mundial dos Ninjas Jiraiya) tradução em Português: Exibida pela TV ASAHI aos domingos,das 09:30hs às 10:00hs da manhã, entre 24/01/1988 e 22/01/1989. Produzida pela TOEI COMPANY, em 50 episódios. 7ª série estilo METAL HERO.

Estreou no Brasil no dia 25/09/1989 na REDE MANCHETE(já extinta) no programa “Cometa Alegria”, juntamente com LION MAN “Laranja”(HENSHIN HERO ou mesmo OTHER HERO de 1973). Anos mais tarde voltou a ser exibida pela REDE MANCHETE entre 07/12/1998 e 10/05/1999 (até o episódio 36, com exceção dos episódios 15 e 16, não exibidos). Com a falência da MANCHETE, a série foi exibida pela manhã na REDE TV(sucessora da Manchete) às 06 da manhã, até meados de outubro de ‘99, pouco antes da emissora estrear a sua programação definitiva(Sem Tokusatsus).Também exibida pela ULBRA TV de Porto Alegre/RS, no programa “Made in Japan”.
*Atualmente exibida as segundas-feiras pela REDE BRASIL DE TELEVISAO, conhecida como RBTV ou apenas REDE BRASIL(Campo Mourão/PR), que entrou no ar em abril de 2007 e possui seus estúdios na capital paulista.
Não atinge grande parte do território nacional(TV aberta/uhf), mas sendo também possível conseguir seu sinal por algumas TVs por assinatura, e pela internet(ao vivo). *Segundo consta, os tokusatsus não são exibidos de forma "legal". OBS: Não consta mais em sua grade de programação.


.Foi uma das séries Tokusatsus de maior sucesso no Brasil.

.A série diferenciou-se de suas antecessoras por quebrar o padrão da franquia  na qual está inserida, introduzindo um herói sem “super poderes”, e utilizar como temática a tradição Japonesa dos Ninjas, até então nunca explorada nos “METAL HEROES”.

.São contraditórios os dados disponíveis relativos à performance comercial(audiência e licenciamento) do seriado no Japão. A revista Herói (1a fase - Editora ACME) diz que, tal como JASPION(4ª série METAL HERO de ‘85) e NATIONAL KID(HENSHIN HERO ou mesmo OTHER HERO de 1960), JIRAIYA não fez grande sucesso em seu país de origem (sem prejuízo mas também sem grandes lucros), mas foi muito bem-sucedido no Brasil. No entanto, a revista Gyodai no 1 (Editora ZN) diz que a audiência da série foi boa o bastante em terras Nipônicas a ponto de os produtores da Toei Co. pensarem inicialmente no conceito de seu sucessor "JIBAN"(METAL HERO de ‘89), como um "Policial Ninja".

.Outras provas colaboraram para a hipótese de sucesso apontada no item acima: o número de episódios: 50 - dificilmente se aplicaria a séries de desempenho mediano(que têm em média 45 ou 46). A aparição de um personagem de Jiraiya( “MANABU” – irmão mais novo de Jiraiya, personagem interpretado pelo ator TAKUMI HASHIMOTO)em um episódio de sua série sucessora(JIBAN), também parece indicar uma boa trajetória. Dificilmente isso aconteceria com uma série mal-sucedida e já encerrada.

.Foi lançada em VHS pela TOP TAPE, mas não completa, pois não obteve o retorno esperado.

.Foi lançada pela Editora EBAL, a revista “O HERÓI” JIRAYA - O Incrível Ninja.

.Foi lançada a trilha sonora original da série em LP pela TOPTAPE no início da década de ’90.

.A série foi lançada em DVD pela FOCUS FILMES(assim como Jaspion; Changeman; e National Kid), também numa versão(Box em Lata), como em Jaspion e Changeman.

.A série ainda pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU. Porém, não mais sendo “legal” pois  a FOCUS FILMES lançou a série  em DVD(dual áudio JAP./POR., e legendas em Português), e detém os direitos.



CYBERCOP “Os Policiais do futuro” – (Dennou Keisatsu Cybercop) no original - (Denno Keisatsu Saibakoppu) pronúncia Japonesa – (Polícia de Cérebro Eletrônico Cybercop) tradução em Português:
Exibida entre 02/10/1988 e 05/07/1989, inicialmente pela NIHON TV aos domingos, das 10:30hs às 11:00hs da manhã(até o episódio 24), e posteriormente pela YOMIURI TV, às quartas-feiras, das 05:00 às 05:30 da tarde, a partir do episódio 25, até o final. Produzida pelos estúdios TOHO, em 36 episódios, sendo os dois últimos, um especial com depoimentos dos atores,bastidores, etc – “não exibidos no Brasil”. Série estilo HENSHIN HERO ou mesmo OTHER HEROES.

Estreou no Brasil no dia 01 de outubro de 1990, segundo jornal Folha de S. Paulo, de 03/09/1990(embora a esmagadora maioria "na internet", diga ser 12 de outubro), na extinta Rede Manchete, no programa vespertino CLUBE DA CRIANÇA, apresentado pela Angélica, depois de quase ter ido parar no SBT(o contrato desandou porque Silvio Santos queria pagar somente 10% do que a distribuidora pedia pela série); e apesar de não ter feito sucesso como  JASPION; CHANGEMAN; e JIRAIYA, a série acabou gerando vários produtos de merchandising, como álbuns de figurinhas e quadrinhos lançados pela Editora Abril. Como mencionado acima, a série não teve seus episódios especiais(35 e 36) exibidos no Brasil. Foram especiais com os atores dando depoimentos e lendo cartas de fãs. A Sato anunciou oficialmente que não os adquiriu por não achar interessante exibí-los na tv,mas, a história acaba mesmo no episódio 34.
Além da Manchete, a série foi exibida na CNT na Sessão Super Heróis(ao lado de ULTRAMAN-1ª série da franquia “Ultra” e do SUPER HUMAN SAMURAIS - uma série de TV estadunidense, distribuída pela Tsuburaya Productions. Uma adaptação da série japonesa DENKOU CHOUJIN GRIDMAN - KYODAI HERO ou mesmo OTHER HERO, de 1993 a 1994 que foi produzida pela Tsuburaya Productions); e no bizarrinho “Cine House” – canal pago exclusivo da TEC SAT, que exibia a série de forma inconstante. Atualmente é exibida pela ULBRA TV de Porto Alegre/R.S.

.Em 2002 morreu SHOGO SHIOTANI(Akira/Marte), aos 35 anos. Devido a uma crise depressiva(segundo internet), o ator cometeu suicídio ao jogar-se de um prédio na região de Dougenzaka, bairro de Shibuya, em Tóquio. ( *11/09/'66 - + 05/05/'02)


.A série foi filmada utilizando-se do sistema “BetaCAM”, da SONY, formato de vídeo que foi muito popular no Brasil nos anos 80. Em decorrência disso, não havia película, a qual se insere na filmagem para sobrepôr os efeitos conhecidos(laser de espadas, tiros, etc). Assim, os efeitos especiais tiveram um padrão muito abaixo do nível, até mesmo para a época em que a série foi produzida. Também, em razão disso, era nítido que as armaduras da série eram feitas de borracha e fibra de vidro, pois a película que disfarça tais detalhes, não estava presente. O sucesso da série no Brasil pode ser explicado pela combinação de alguns fatores: Apesar de um orçamento modesto(até mesmo para os padrões de uma série de Tokusatsu), efeitos especiais nem sempre convincentes(em razão de problemas ocasionados pelo próprio formato BETAMAX, citado anteriormente), Cybercops possuía um roteiro original, com uma história bem-elaborada e relativamente verossímil, até mesmo para os padrões de um Tokusatsu. Além disso, foram evitados muitos clichês do gênero, que eram usados e abusados pela TOEI, como robôs gigantes; super-bazucas; nomes dos personagens previsíveis, como: "Red","Blue","Black",e assim por diante.

.Com exceção de Júpiter, os “Suit Actors” de Marte; Saturno; Mercúrio e Lúcifer eram os próprios atores(SHOGO SHIOTANI; RYUJI MIZUMOTO; RYOMA SASAKI e TAKASHI KOURA). Em diversos momentos da série é possível ver os rostos dos atores por baixo do visor e reconhecê-los, devido à semi-transparência das lentes dos capacetes. Todos pertenciam ao JAPAN ACTION CLUB(atual JAE - Japan Action Enterprise) e eram dublês profissionais. Shiotani era membro veterano até sua morte, e Koura é veterano até hoje.

.Um ano antes de entrar para o elenco da série, o ator RYOMA SASAKI(Mercúrio) chegou a realizar testes para fazer o papel do protagonista “Kotaro Minami” em KAMEN RIDER BLACK(8ª série da franquia Kamen Rider, em ‘87). Chegou às etapas finais para ser selecionado, mas TETSUO KURATA acabou ganhando o papel.

.Foi Lançada em VHS pela SATO COMPANY, em 5 fitas(2 episódios em cada), totalizando apenas 10 episódios lançados.

.A série foi lançada em quadrinhos pela Editora ABRIL, na revista HERÓIS DA TV. Também lançado pela Editora,o almanaque dos CYBERCOP-OS POLICIAIS DO FUTURO.

.Também foi lançado o álbum de figurinhas "CYBERCOP - OS POLICIAIS DO FUTURO" em 1991, pela Editora ABRIL.

.A série  pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU.(0s 2 últimos episódios: depoimentos, bastidores da série), inéditos no Brasil, apenas em Japonês, sem Legendas em português.



KAMEN RIDER BLACK RX - “O Filho do Sol” – (Kamen Raida Burakku Aaru Ekkusu) pronúncia Japonesa: Exibida pela TBS(Tokyo Broadcsating system), entre 23/10/1988 e 24/09/1989, aos domingos das 10:00hs às 10:30hs da manhã. Produzida pela TOEI COMPANY e ISHIMORI PRODUCTIONS, em 47 episódios + 01 especial de 17 minutos, não exibido no Brasil.(9ª série estilo KAMEN RIDER, sendo o RX o 10º Rider “protagonista”, considerando-se também o Kamen Rider ZX(filme de ‘84). Continuação direta de KAMEN RIDER BLACK, com o mesmo protagonista ISSAMU MINAMI(no Brasil) / MINAMI KOTARO(no original).

A série começou sendo exibida na Sessão Super Heróis, na extinta REDE MANCHETE em  julho de ‘95 intercalando com SOLBRAIN(10ª série Metal Hero), e passava só terças e quintas. Depois, foi ao ar de segunda a sexta e usada como "tapa buraco" aos sábados e domingos. Foi o último TOKUSATSU a ser lançado no Brasil pela REDE MANCHETE. A série obteve uma boa repercussão, embora o “CAVALEIROS DO ZODÍACO”(Anime Japonês), estivesse mais em evidência. O último capítulo não foi exibido, embora tivesse sido dublado / *alguns sites dizem que ele foi exibido apenas uma vez.

.KAMEN RIDER BLACK RX estreou duas semanas depois do término de KAMEN RIDER BLACK(no Japão). O sucesso da primeira foi muito grande e, como conseqüência, RX veio após.

.Foi a primeira série da franquia KAMEN RIDER a apresentar formas diferentes para o Rider protagonista(3 formas ao total). Além da forma normal do RX, teve também a forma ROBÔ RIDER e a forma BIO RIDER, assim como a sua moto “Acrobata”, que se transformava em “Roboiser” para o Robô Rider, e “Iron Snake” para o Bio Rider. É também o único RIDER a ter um carro: RIDRON.

.A aparição dos Riders que antecederam o Black e o RX deu um toque especial aos quatro últimos capítulos da saga de Issamu Minami. Até então os telespectadores pensavam que eles não tinham ligação alguma. Mas o conhecedor das series "Kamen Rider" anteriores sempre ficou curioso em saber por onde os Riders mais antigos andavam. A resposta foi dada pelo Kamen Rider 01, ao dizer que estavam pelo mundo, lutando contra as forças do “Império Crisis”. Eles contribuíram com uma grande ajuda a RX na destruição deste Império, e disseram continuar lutando contra o mal.

.Foi a última série KAMEN RIDER a ser produzida na era SHOWA, e a primeira na era HEISEI. O episódio(11) atrasou uma semana por causa da morte do Imperador SHOWA.

.Em 1995 foi lançada a criação de Haim Saban nos EUA: o "Masked Rider".Utilizando como base de criação o Kamen Rider Black RX(e o longa metragem de Kamen Rider ZO) para o episódio piloto. A série  foi produzida com autorização da Toei Company, como uma forma de tentar lançar no ocidente os Kamen Riders(tanto que o nome Masked Rider é o título internacional de trabalho das séries). Só pra tentar popularizá-la, o herói participou de um episódio triplo da 3ª temporada dos “Power Rangers”(versão americana das séries SUPER SENTAI).

Os produtores de Kamen Rider Black e Kamen Rider Black RX tinham planos para darem continuidade ao RX, um terceiro Rider, com o Tetsuo Kurata, mas o ator não quis. Ele reclamou durante as gravações de Kamen Rider Black RX pela dose exagerada de humor na série; o que a direcionou para um público mais infantil. O ator gostaria que o clima de suspense do Black continuasse em RX, mas isso não ocorreu. Alguns capítulos ainda tiveram uma dose de suspense, mas não tanto como os do Black.

.Quase 10 volumes de VHS foram lançados pela Inter Movies(cada um com dois ou três episódios. Não chega até o episódio 30 somando todos).

.Foram lançados alguns brinquedos da série.

.A série  pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU.




“POLICIAL DE AÇO”JIBAN – (Kidou Keiji Jiban)no original – (Policial Móvel Jiban) tradução em português, ou ainda "Policial Tático Jiban",  segundo versão em dvd da Focus Filmes, lançada à pouco: Exibida pela TV ASAHI entre 29/01/1989 e 28/01/1990, aos domingos, das 09:30hs às 10:00hs da manhã(até o episódio 09); do episódio 10 em diante, foi exibida das 08:00hs às 08:30hs da manhã. Produzida pela TOEI COMPANY, em 52 episódios e um longa-metragem exibido em 17 de julho de 1989. 8ª série estilo METAL HERO.

No começo de 1990, a REDE MANCHETE(já extinta) cumpre a promessa que começara a veicular no final de 1989: "uma nova estréia". Vai ao ar JIBAN, a série que mais chegou rápido ao Brasil em toda história, tendo estreado aqui enquanto no Japão estava sendo exibido o episódio 40. Devido à dublagem inicial de 12 episódios(que também foram exibidos à exaustão), acredita-se que o seriado foi comprado logo quando o mesmo foi lançado no Japão, e o encaminharam para dublagem no meio de 1989. A estréia de JIBAN aconteceu no “Clube da Criança”, mas a série passara simultaneamente no “Cometa Alegria”. Atualmente(época em que fiz este arquivo, antes da postagem)exibida pela ULBRA TV de Porto Alegre/R.S.
*Atualmente exibida as terças-feiras, pela REDE BRASIL DE TELEVISAO, conhecida como RBTV ou apenas REDE BRASIL(Campo Mourão/PR), que entrou no ar em abril de 2007 e possui seus estúdios na capital paulista.
Não atinge grande parte do território nacional(TV aberta/uhf),mas sendo também possível conseguir seu sinal por algumas TVs por assinatura, e pela internet(ao vivo). *Segundo consta, os tokusatsus não são exibidos de forma "legal".



.JIBAN é considerado por muitos uma cópia japonesa do “ROBOCOP”, herói cibernético do cinema americano que ficou famoso no final dos anos 1980 e início dos anos 1990, mas o conceito de um policial morto que é transformado num ciborgue já tinha sido abordado no Anime “O Oitavo Homem”, nos anos 1960.

.JIBAN, a princípio, estava planejado para ser uma série continuação de JIRAIYA(Metal Hero anterior- ‘88), enfocando a história de um "Policial Ninja". Porém, quando tal projeto estava sendo concebido, a Toei (produtora da série) não contava com o surgimento do filme norte-americano “ROBOCOP, que se tornou um grande êxito de bilheteria e ficaria em voga na época. Todo o planejamento para o "Policial Ninja" foi por água abaixo. Os produtores da Toei, para pegarem carona no sucesso do policial "homem-máquina" de Detroit, mudaram totalmente o roteiro e criaram, às pressas, a série de um policial de aço.

.Junto com Kamen Rider Black(Kamen Rider ‘87); Kamen Rider Black RX(Kamen rider ‘88); SPIELVAN(Metal Hero ‘86); e Patrine(Henshin Heroine ’90), a série também não teve seu final exibido no Brasil. Sobre os dois últimos episódios de Jiban (51 e 52), de acordo com uma entrevista feita com José Rozsenblitz(um dos sócios da TOP TAPE, empresa que tem os direitos sobre a série no Brasil desde a época da exibição na Rede Manchete) o seriado foi dublado por completo, incluindo os 2 episódios em questão, porém nunca exibidos.

 .Foram lançados 28 episódios em VHS(07 fitas)pela TOP TAPE.

 .A série foi lançada em quadrinhos, pela Editora EBAL, na revista SUPER X.

 .Foi lançado o LP da série de TV com versões em Português.

 .Foram lançados alguns brinquedos da série no Brasil(bonecos,naves) pela extinta GlASSLITE.

 .A série  pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSUS, porém não mais sendo legais, pois a FOCUS FILMES lançou a série completa em dvd e detém os seus direitos no Brasil.

.Após o lançamento da série FLASHMAN(10º Super Sentai) pela FOCUS FILMES, chegou a hora de JIBAN, que foi lançado em uma edição de colecionador(com lata) e 5 dvds, e também na versão comum com apenas os 5 dvds. Ambos com 25 episódios. O curioso é que houve um erro de informação repassado inclusive pelos sites que vendem a série pela internete, dizendo que hexiste o áudio dos episódios em Japonês e em Ingês, mas já vem sendo corrigido na maioria deles, ou seja, o correto é: áudio em Japonês e em Português, com legendas em Português. O volume 2 da série já foi lançado, do episódio 26 em diante. Os 2 últimos episódios, que não foram exibidos no Brasil, foram redublados. Especula-se em alguns sites que os próximos lançamentos TOKUSATSUS em DVD pela FOCUS sejam: BLACK KAMEN RIDER('87) e KAMEN RIDER BLACK RX ('88).



“ESTRELA FASCINANTE” PATRINE - (Bishojo Kamen Powatorin) no original – (Bishojo = Garota Bonita  /  Kamen = Máscara  /  Powatorin = nome dela “Patrine” no Brasil, ou GRACIOSA MASCARADA PATRINE) tradução em Português: Exibida pela TV FUJI entre 07/01/1990 e 30/12/1990 (não foi possível encontrar informação sobre o dia e horário de apresentação no Japão,nem mesmo sobre filme(s). Produzida pela TOEI COMPANY, em 51 episódios(sendo o último dividido em 2 partes). Série estilo HENSHIN HEROINE, feminino de “HERO”, ou mesmo OTHER HERO. Foi a única do estilo “Heroine” a ser exibida no Brasil.

“Ela é uma menina super especial, com poderes que você nunca imaginou, e vai ser sua melhor companheira pra viver grandes aventuras”. Com essa chamada, a TV MANCHETE(já extinta) anunciava para Abril de 1993 a estréia de PATRINE, dentro do programa “Clube da Criança”, na época comandada pela atriz MILLA CHRISTIE. Tal estréia não aconteceu no mês prometido e só depois, já no segundo semestre, a emissora colocaria a série no ar juntamente com WINSPECTOR(9ª série Metal Hero) no programa “Dudalegria”. A partir de então, iniciou-se a última fase de ouro do Tokusatsu no Brasil, que se encerraria definitivamente pouco tempo depois com SOLBRAIN(10ª série Metal Hero) e KAMEN RIDER BLACK RX(9ª série da franquia KAMEN RIDER).

.Foi lançada em VHS pela TIKARA FILMES(não achei informação se passou do volume 10 -episódio 24).

.Foram lançados no mercado alguns produtos da série.

.A série pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSU(sendo que o último episódio, que é dividido em duas partes, não foi transmitido no Brasil, e se encontra apenas disponível na versão em Japonês, sem legendas em Português). Muitos outros episódios se encontram na mesma situação, original em Japonês apenas(sem leg.). Não sei ao certo se também são inéditos no Brazil.



“Esquadrão Especial" WINSPECTOR – (Tokkei Winspector) no original (Tokkei Uinsupekuta) pronúncia Japonesa – (Polícia Especial Winspector )tradução em Português: Exibida pela TV ASAHI entre 04/02/1990 e13/01/1991, aos domingos, das 08:00hs às 08:30hs da manhã. Produzidapela TOEI COMPANY, em 49 episódios. 9ª série estilo METAL HERO / 1ª da trilogia dos “Rescue Heroes”, seguida por: Solbrain - 1991; Exceedraft - 1992), esta última não exibida no Brasil.

Exibida no Brasil pela extinta TV MANCHETE. Foi importada pela “Tikara Filmes” junto com PATRINE(Henshin Heroine-1990) e estreou em 1994, meses antes dos Cavaleiros do Zodíaco(Anime muito famoso por aqui) darem o ar da sua graça na TV Brasileira. Graças à turma do “Seiya”(principal personagem do Anime CAVALEIROS DO ZODÍACO), a série acabou fazendo um certo sucesso aproveitando-se do embalo que foi a febre CDZ no Brasil. Por essa razão a Tikara lançou em 1995 SOLBRAIN(10ª série Metal Hero, sequência de Winspector) e Kamen Rider Black RX(9ª série estilo Kamen Rider, sequência do Black Kamen Rider).
*Dentre os 3  policiais de armadura da série, apenas o vermelho “Fire”("Faiyā" pela pronúncia do nome original em katakana) - policial: Liuma Ogawa / “Ryoma” no original romanizado("Kagawa Ryōma" pela pronúncia do nome original completo em kanji) é humano, e se transforma, sendo ele o comandante dos outros 2 nas operações contra os criminosos. Os outros 2 são: “Biker”(amarelo), sendo ele "Bikel" no original romanizado("Baikuru" pela pronúncia do nome katakana); e “Highter”(verde), sendo este último "Walter" no original romanizado("Orutā" pela pronúncia do nome katakana). Eles são super andróides e só ficam nesta forma*.

.WINSPECTOR não chegou a se tornar um grande sucesso como JASPION(4ª série Metal Hero- ‘85) e CHANGEMAN(9ª série Super Sentai-‘85) ou ter tantos fãs como JIRAIYA(7ª série Metal Hero), ou CYBERCOP(Henshin Hero- ‘88) por aqui. Contudo, a série ainda é meio fresca na memória de muitos que a assistiram na época de Cavaleiros do Zodíaco na Manchete, durante sua 1ª exibição.

.A INTERMOVIES lançou toda a série em 23 fitas que venderam legal.

.Foram lançados alguns brinquedos da série no Brasil.

.A série também pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSUS.



SOLBRAIN - (Tokkyu Shirei Solbrain) no original - (Tokkyu Shirei Soruburein) pronúncia Japonesa - (Polícia de Resgate Solbrain) tradução em português: Exibida pela TV ASAHI entre 20/01/1991 e 26/01/1992, aos domingos, das 08:00 às 08:30 da manhã. Produzida pela TOEI COMPANY, em 53 episódios. 10ª série estilo METAL HERO / 2ª da trilogia dos “Rescue Heroes”, antecedida por WINSPECTOR - ‘90, e sucedida por EXCEEDRAFT - ‘92(esta não exibida no Brasil).

SOLBRAIN foi  a última série METAL HERO lançada no Brasil, exibida na extinta REDE MANCHETE em 1995. A série foi importada pela TIKARA FILMES juntamente com outra “continuação”: KAMEN RIDER BLACK RX(9ª série da franquia KAMEN RIDER), que estreou um pouco depois, em 03/07/ ‘95 . A série fez menos sucesso do que WINSPECTOR(Metal Hero anterior), por disputar atenção com os “Animes” que a emissora exibia nos fins de tarde.

.SOLBRAIN marcou o fim do reinado dos Metal Heroes na TV Brasileira. Desde 1986, com o lançamento de Jaspion em VHS(série Metal Hero de ‘85), todas as produções do gênero foram lançadas no Brasil(até SOLBRAIN). Infelizmente, tudo ocorreu fora de ordem e numa correria só, impedindo os fãs de acompanharem a evolução desse gênero que veio a se extinguir no Japão em 1997, após B-FIGHTER KABUTO(último Metal Hero - ‘96). OBS: ou até 1999 com o fim da série: ROBOTACK - '98(sendo esta mais infantil, e não considerada por muitos, assim como sua antecessora: B - ROBO KABUTACK -'97).

.A série TOKUUSOU EXCEEDRAFT(Metal Hero posterior à SOLBRAIN, e 3ª da trilogia “Rescue Heroes”, deveria ter sido exibida no Brasil segundo algumas fontes de informação. Acontece que a TIKARA FILMS não ficou muito entusiasmada em vista da popularidade crescente dos “Animes” na época e o fracasso comercial dos produtos da PATRINE(Henshin Heroine de ‘90) e as baixas vendas de bugigangas do KAMEN RIDER BLACK RX e do SOLBRAIN. A distribuidora optou então por comprar SHURATO e YU YU HAKUSHO(Animes) deixando os “Tokusatsus” em 2º plano. Posteriormente, foi divulgado que a mesma TIKARA(e por fora, a SATO) estaria negociando a série JANPERSON(12ª série Metal Hero - ‘93), parecida com JIBAN(8ª série Metal Hero), mas a  REDE MANCHETE estava com problemas financeiros e, nada aconteceu para que tal coisa viesse realmente a acontecer.

.Foi a série Metal Hero com o maior número de episódios(53), empatando com B-FIGHTER(14ª e “penúltima” série Metal hero -‘95).

.A INTERMOVIES lançou episódios em vídeo(com capinhas altamente transadas), assim como em Winspector(Metal Hero anterior).

.Foram lançados alguns brinquedos da série no Brasil.

.A série  pode ser adquirida(DVD-R)em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em
sites especializados em TOKUSATSU.



ULTRAMAN TIGA – (Urutoraman Tiga) pronúncia Japonesa: Exibida pela TBS(Tokyo Broadcasting System) entre 07/09/1996 e 30/08/1997, aos sábados, das 18:00hs às 18:30hs. Produzida pela TSUBURAYA RECORDS, em 52 episódios. 12ª “série” ULTRAMAN, considerando-se a série “Anime”: ULTRAMAN JONIAS ou JOE - ‘79; e também a série “ULTRA Q(Ultra Question) -‘66 ”, que embora não tivesse nenhum herói “Ultra”, apenas monstros, foi a precursora do estilo, criada por EIJI TSUBURAYA, produzida um pouco antes do 1º ULTRAMAN).TIGA foi a 4ª e última série ULTRAMAN exibida no Brasil. Também a última série TOKUSATSU transmitida no Brasil após o período de ouro dos TOKUSATSUS desde ‘88. Foram lançados 5 filmes:

A série chegou no Brasil em 1999, pela MUNDIAL FILMES, e foi exibida pela REDE RECORD em 2000, no programa ELIANA E ALEGRIA, sendo que os 4 últimos episódios não foram exibidos, segundo dizem, atendendo ao pedido da própria apresentadora que dizia que a série não combinava com o estilo do seu programa). Estes episódios só foram ao ar quando a série foi retransmitida pela REDE 21.

.TIGA é o primeiro ULTRAMAN com modos de combate múltiplos e cores não-avermelhadas(3 formas ao total): POWER TYPE(cinza e vermelha, de colossal força física); SKY TYPE(cinza e roxa, mais veloz);  MULTI TYPE, que é uma combinação equilibrada das duas formas.

.Foi a primeira série ULTRA a ter uma comandante mulher.

.A oficial “Rena”, da GUTS, interpretada por TAKAMI YOSHIMOTO(par romântico do oficial “Daigo”(hospedeiro de TIGA), é filha do ator SUSUMU KUROBE, o oficial “Hayata”(hospedeiro do 1º Ultraman).

.(Sem informação de lançamento da série em VHS).

.Foram lançados brinquedos da série pela extinta GLASSLITE.

.A Impact Records – uma empresa de pequeno porte que entrou no mercado lançando o longa-metragem ULTRAMAN THE NEXT(filme de 2004) – lançou em outubro de 2007 o filme: ULTRAMAN TIGA - A ODISSÉIA FINAL(2000), com expectativa de que o mesmo fizesse algum sucesso. Só que devido à um lançamento sem muito investimento em divulgação, promoção e marketing, a empreitada naufragou, dando fim às expectativas dos fãs de verem mais alguma produção “Ultra” por parte da distribuidora.

.A série pode ser adquirida(DVD-R) em DUAL AUDIO(Japonês/Português)em
sites especializados em TOKUSATSU.


RYUKENDO – (Madan Senki Ryukendo) no original – (Crônicas Mágicas Ryukendo) tradução em Português: Exibida pela TV TOKYO(em network com a local Aichi TV), entre 08/01/2006 e 31/12/2006. Foi a primeira produção da TAKARA TOMY, em parceria com a WE’VE INC., em 52 episódios + 2 especiais. Exibida aos domingos, das 07:00hs às 07:30hs da manhã. Série estilo HENSHIN HERO ou mesmo OTHER HERO.

Em outubro de 2008, a REDE TV! anunciou que adquiriu da SWEN-TELEVIX os direitos de exibição da série no Brasil. Em 13 de Abril de 2009, às 19h, a série estreou dentro do bloco “TV Kids”(para São paulo), juntamente com o desenho(Anime)POKEMON. A série não foi trazida do Japão, foram adquiridos os direitos de exibição da empresa Latina SWEN-TELEVIX, que trouxe a série da Espanha para exibição na América Latina. Logo, não foi preciso negociar com altos valores para trazê-la. Como a série já estava dublada em Castelhano e com merchandising praticamente pronto, não foi preciso muito para trazê-la para o Brasil e encaixá-la em alguma programação por aqui.
Devido à falta de divulgação e estratégias de marketing, Ryukendo passou como “mais um desenho infantil” sem alarde.


.A série foi a terceira do gênero Tokusatsu a ser exibida pela RedeTV!(sucessora da REDE MANCHETE). Anteriormente, a REDE TV! havia posto no ar em 1999, antes de estrear sua programação definitiva “sem TOKUSATSU” os episódios de JIRAIYA - 7ª série estilo Metal Hero e MASKMAN - 11ª série estilo Super Sentai(ambas transmitidas pela extinta REDE MANCHETE).

.Devido à excelente audiência da série em sua primeira semana de transmissão(cerca de 4.7 pontos, com picos de 5.4), a RedeTV! passou a exibir os episódios na íntegra, sem os cortes que espremiam os episódios(que possuem entre 23 e 25 minutos) nos 20 minutos de exibição. Desde então (21 de abril), a série foi sendo exibida por completo, com abertura,encerramento, "parte chave" do episódio exibido(uma espécie de recapitulação do evento mais importante) e prévia do próximo episódio, demonstrando a boa audiência e sucesso que a série foi conquistando.

.O sucesso de RYUKENDO no Japão levou a TAKARA à criação de outro TOKUSATSU(TOMIKA RESCUE FORCE – série "Henshin Hero"- 2008).


.RYUKENDO foi lançado em DVD pela FLASHSTAR HOME VIDEO, dos mesmos donos da “FOCUS FILMES”. Um "box com 4 dvds", ou vendidos separados também, totalizando 13 episódios. Não encontrei informações dizendo...se, ou quando serão lançados os demais episódios.

.A série ainda pode ser adquirida(DVD-R "completa") em DUAL AUDIO(Japonês/Português) em sites especializados em TOKUSATSUS. Porém não mais sendo “legal” pois  a FLASHSTAR HOME VIDEO lançou a série  em DVD(dual áudio JAP./POR., e legendas em Português), e detém os direitos...mas por não estar completo....fazer o que, né?!?!


________________________________________________________________

*DECIDI TAMBÉM ESCREVER AQUI NO BLOG SOBRE DUAS OUTRAS SÉRIES JAPONESAS, EXIBIDAS NA TV BRASILEIRA, QUE NÃO CONSIDERO "TOKUSATSU" NO SENTIDO DE "HERÓIS QUE SE TRANSFORMAM" PARA SALVAR A TERRA E AS PESSOAS, MAS QUE SÃO TAMBÉM SÉRIES "LIVE-ACTION" DA TERRA DO SOL NASCENTE, E QUE TAMBÉM VALEM SEREM LEMBRADAS:





AGENTES FANTASMAS - (NINJA BUTAI GEKKO): Produzida pela NAC(em preto e branco); exibida pela TV FUJI entre 03/01/1964 e 31/03/1966.

No Brasil, exibida pela REDE GLOBO, entre o final dos anos '60 e início dos anos '70.


.A série inovou ao trazer um "grupo de heróis", algo "incumum" nas séries Japonesas da época, mas que acabaria ficando em evidência anos depois com a criação do estilo/gênero SUPER SENTAI.
Acontece que, diferentemente das séries "Super Sentai", "Agentes Fantasma" éra composta por agentes Ninja, que trabalhavam para o departamento de polícia do Japão ,combatendo organizações do mal querendo dominar o mundo. Até aí ...bom, por que não considerá-la uma série "Tokusatsu", sendo que seria então parecida com os "Super Sentais"? Bom, acontece que diferentemente das séries de "super heróis", onde os mesmos sofrem uma "transformação" ou "mutação"; passando a vestirem "as roupas de heróis", ficando mais fortes para combaterem o "mal", os agentes Ninja da polícia apenas combatiam...sem qualquer transformação, ou uso de qualquer artifício que os deixassem mais fortes "ao se transformarem". Sendo assim, baseando-me na idéia de que "SÉRIE TOKUSATSU", é uma série onde esperamos ver a "transformação" do herói, para assim poder combater os vilões com mais veemência, utilizando-se, mesmo que de forma singela, de aparatos de combate próprios do "herói transformado", não tenho como considerá-la um "Tokusatsu", mas sim...uma série de "ação"Japonesa. Mas que com certeza, é muito boa!


O PRÍNCIPE DINOSSAUSO - (KAIJU OUJI) - "PRÍNCIPE DOS MONSTROS"(EM JAPONÊS): Produzida pela extinta P-PRODUCTIONS(a mesma de Vingadores do Espaço, Spectreman, Lion Man Branco e Laranja). Estreou na TV FUJI em 02/10/1967.

No Brasil, foi exibida pela REDE GLOBO(sessão "Zaz-Traz"), entre 1975 e 1977, depois pela (TVS), atual SBT, na década de '80; e bem posteriormente pela REDE BRASIL, saindo do ar em 2013(segundo consta).

.Pelos mesmos motivos que me fizeram "Não considerar" a série mencionada acima: Agentes Fantasmas, nos moldes do "Herói" infantil ou infanto juvenil, também não tenho como considerar esta série um "Tokusatsu", pelo mesmo fato de não haver "transformação" ; "poderes extras"; "roupa de herói"...enfím, coisas que qualquer "criança" ou "adolescente" espera ver de um "protagonista" desse estilo.

O Herói da série é um menido de dez anos(Toshio), que se veste como um "menino das cavernas", e que usa com extrema habilidade um bumerangue como arma. Foi criado entre dinossauros, e se comunica dizendo: "Olá!!". Ele havia sido dado como morto, pois o avião em que estava com sua família caiu em virtude do surgimento misterioso de uma ilha vulcânica no Pacífico. Porém, seu irmão gêmeo(Minoru) havia sobrevivido. Ele(Toshio) vivia andando pela ilha na cabeça de um brontossauro. Seu pai, o cientista(professor Ito) ao fazer uma expedição à ilha o menino e o reconhece como sendo seu filho há anos dado como morto, e tenta a todo custo fazer contato com ele. Da mesma forma que em uma Série Tokusatsu "normal", existem os vilões, neste caso: criaturas voadoras do espaço(que podiam voar à qualquer estrela da via-láctea), e também pretendiam invadir a Terra por dizerem ser o melhor planeta para eles morarem. Mas, ainda assim....no que se refere ao herói da série, não posso considerá-la como um "Tokusatsu". Na minha opinião, lembra mais a saudosa série, também exibida pela TVS(SBT): O Elo Perdido(série americana).


obs:Por estar morando hoje no Japao, minhas possiveis correcoes, acrescimos ou inclusoes de texto, estarao sem a devida acentuacao caracteristica da nossa lingua Portuguesa; podendo eu, as vezes, apenas colar textos de outros locais, se achar melhor, mesmo se podendo ver a diferenca de tamanho da fonte aplicada.

















ULTRAMAN
ROBO GIGANTE

SPECTREMAN
ULTRAMAN JACK

SHARIVAN

SHAIDER

KAMEN RIDER BLACK

SHADOW MOON
(inimigo do Kamen Rider Black)

ULTRAMAN TIGA













         *segunda pagina do blog (acessar na parte de cima), abordando mais os herois, amigos e viloes das series(dec. '70). Simples como esta, mas com informacoes veridicas!